,

Cuidados no transporte de produtos de higiene e limpeza

Em vez de ler, que tal ouvir?

O trabalho de transporte de carga de qualidade na gestão logística exige o conhecimento de cada nicho de produto, que demanda cuidados particulares com seu manuseio e deslocamento. Por isso, ao transportar produtos de higiene e limpeza, é importante respeitar as especificidades associadas a cada tipo de carga, de modo a evitar avarias e perdas e garantir a apresentação e conformidade exigidos desse tipo de item que pode ser bastante sensível a certos fatores. 

Você conhece quais são os cuidados e normas de segurança a serem tomados para itens de higiene pessoal e limpeza? Necessita de um planejamento mais eficiente e de soluções que levem em consideração o transporte de produtos de higiene e limpeza de forma segura e confiável? 

Então, continue a leitura. No artigo de hoje, falaremos mais sobre esses cuidados e como a sua logística pode adaptar-se a esses parâmetros. Confira a seguir. 

Como é o cenário para transporte de produtos de higiene e limpeza? 

O segmento de transporte de produtos de higiene e limpeza no Brasil teve um crescimento considerável em tempos recentes. Afinal, em um cenário no qual enfrentamos a disseminação de doenças como a COVID-19, as vendas de itens como sabonetes antibactericidas e álcool em gel tiveram maior enfoque. 

No primeiro quadrimestre de 2021, houve um crescimento de 11,4% de vendas nessa categoria em relação ao ano anterior, de acordo com dados da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos).  

No mesmo período, viu-se que a categoria de sabonetes teve uma alta de 23%, sendo um dos destaques. A categoria de produtos de tratamento capilar, que diversificou-se recentemente com produtos de hidratação, definição de cachos e prevenção de danos também teve alta, com crescimento de 18% nas vendas. 

Essas mudanças de cenário acentuaram a necessidade de se ter um planejamento logístico eficiente, que permita ter segurança, agilidade e eficiência de ponta a ponta. O transporte dos itens é um ponto central para isso, afinal, a sua validade, integridade, eficiência e visual dependem de condições específicas quanto a fatores como a temperatura, capacidade de empilhamento e diversos outros.  

→ Aprofunde-se mais em métodos para garantir a estratégia perfeita para a logística de produtos de higiene e limpeza ouvindo este episódio do MáximaCast:

Como são as normas que norteiam o transporte de produtos de higiene e limpeza? 

Geralmente, os produtos de higiene e limpeza têm, por ordens do fabricante e, até mesmo, de normas de órgãos reguladores como a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), regras bastante específicas para a sua conservação e transporte. Por isso, tratam-se de produtos que fazem parte de uma categoria especial dentro da gestão logística. 

É importante destacar que, de acordo com a Lei nº 6360/1976, os perfumes e os cosméticos (incluindo creme facial, batom e outros) formam uma categoria distinta e, portanto, têm outras regras para o seu transporte.  

No entanto, assim como ocorre com a categoria dos artigos cosméticos e itens voltados à beleza, existem regulamentações previstas especificamente para os produtos de higiene e limpeza. A Lei 6.360 também dispõe sobre os padrões exigidos de fabricação, armazenagem e transporte desse tipo de produto. 

Ademais, como se tratam de produtos químicos, é imperativo que as empresas responsáveis pelo transporte e armazenagem desses itens garantam o cumprimento das condições ideais exigidas. 

As regras da ANVISA, por exemplo, envolvem a higienização adequada de armazéns e centros de distribuição, bem como o controle de entrada e saída e o monitoramento e a documentação dos processos realizados. 

Devido a essas exigências, que ainda incluem a necessidade de ter responsáveis técnicos, adaptação de estruturas e monitoramento da carga, descarga, empilhamento, nem todas as empresas fornecem a prestação de serviço de transporte de produtos de higiene e limpeza. 

Além do processo, muitas vezes, trabalhoso para obter as licenças e permissões junto aos órgãos reguladores, o cronograma de entrega desses itens deve ser constantemente adaptado a novas normas. Por isso, é importante que se tenha um planejamento sólido e atuação ágil de controle sobre a carga e descarga dos produtos. 

→ Lidar com as normas para o transporte de produtos de higiene e limpeza é apenas um dos desafios diários de logística. Descubra mais sobre os demais e como vencê-los acompanhando este episódio do MáximaCast:

 

Como fazer o transporte de produtos de higiene e limpeza? 

Como vimos, é necessário ter uma base de conhecimento e atualização constante para que a etapa de transporte de produtos de higiene e limpeza seja assertiva e esteja em conformidade com as normas aplicáveis. 

Além disso, a seguir, destacamos alguns dos principais aspectos a serem priorizados no transporte desse tipo de item: 

1 – Veículo adequado 

Um dos cuidados primários para a etapa de transporte de produtos de higiene e limpeza é a definição do veículo para fazer a movimentação das mercadorias.  

Se isso for feito no modal terrestre, é indispensável que não haja entradas e avarias no baú do caminhão. Assim, em caso de chuva, por exemplo, não corre-se o risco de comprometimento do produto e da sua embalagem.  

Da mesma maneira, fazer uma vedação ideal é fundamental para evitar avarias. Itens de higiene pessoal, como sabonete e shampoo, podem ser perdidos em termos de eficácia, apresentação e durabilidade se forem expostos a contato direto com a água durante o seu transporte.  

É fundamental também escolher o veículo considerando a altura máxima de empilhamento desses produtos. Especialmente aqueles com embalagens de aerossol podem estourar se esse limite não for respeitado.  

2 – Temperatura 

Um ponto que pode ser destacado é a sensibilidade de determinados produtos de higiene e limpeza ao frio ou ao calor. Cremes para o cabelo, shampoos e sabonetes, por exemplo, podem ter a sua consistência afetada pela exposição ao sol ou umidade em excesso. 

Por isso, para que se evitem perdas e avarias, é importante realizar uma medição do baú de transporte, de modo a garantir o nível ideal de temperatura em relação às necessidades da carga. 

Lembre-se de que a não observância das exigências de temperatura pode significar a perda das propriedades físicas e químicas adequadas das mercadorias transportadas. 

Desse modo, para prevenir reações químicas que avariem o produto e exponham a sua operação a riscos, é fundamental realizar a verificação da temperatura interna uma vez que a carga é realizada.  

3 – Integridade da embalagem 

Para que os produtos de higiene e limpeza possam ser apropriadamente comercializados no ponto de venda, é importante manter assegurada a integridade da carga. 

Afinal, produtos sem uma vedação especial podem, durante o transporte, reagir e perder a sua essência, dissolvendo-se ou degradando as suas propriedades. 

Nesse sentido, uma prática adequada para trabalhar com o transporte de produtos de higiene e limpeza é investir no controle de volumes. Isto é, realizar o mapeamento de quantidades, embalagens e tipos de produtos. 

Assim, a sua operação terá a padronização da melhor temperatura, container e tipo de veículo a utilizar, além de etiquetagem e organização do inventário. 

E, como trata-se de um nicho com uma diversidade de tipos de itens, embalagens e formatos, deve haver, também, um cuidado especial na hora do empilhamento. 

Produtos líquidos, por exemplo, podem ceder à pressão de caixas colocadas sobre eles. Assim, é de responsabilidade das equipes logísticas garantirem o cumprimento às especificações estipuladas por cada fabricante e em alinhamento com as normas obrigatórias aplicáveis. 

4 – Experiência do cliente 

Associado aos demais cuidados está o de garantir a melhor experiência ao cliente final. A preservação da apresentação dos itens é algo essencial para assegurar a experiência desejada — um rótulo manchado durante o transporte, uma embalagem com sujidades, um produto vazado, tudo isso pode prejudicar a experiência do cliente e a recompra do produto, prejudicando, por escala os resultados do atacado distribuidor. 

Assim, é fundamental tomar cuidados para proteger os produtos durante o transporte. Isso pode incluir, por exemplo, utilizar enchimentos adequados nas caixas. 

5 – Acordos com fabricantes e clientes 

Os cuidados com o transporte de produtos de higiene e limpeza não partem somente da gestão logística. Assim como em outras categorias de produtos, itens de higiene e limpeza exigem um cronograma e formato de entrega bem definidos. 

Sendo assim, busque ter os parâmetros dos processos acordados previamente, evitando que detalhes passem despercebidos e criem gargalos nos processos de transporte e entrega desses produtos, que, para evitar avarias diversas, devem correr conforme o estipulado. 

Lembre-se de que uma logística eficiente de distribuição bem planejada, além de garantir excelência na entrega para o cliente do atacado distribuidor, otimiza o seu processo. Quanto melhor selecionadas forem as vias e o cuidado no modal rodoviário, menores deverão ser os riscos de avarias ao transporte e à sua carga. 

→ Para mais dicas, confira também como estruturar o processo de entrega da sua logística 

6 – Monitoramento de indicadores 

Os prazos de atuação exigidos no transporte de produtos de higiene e limpeza são, geralmente, enxutos. Por isso, uma boa prática para garantir um alto nível de qualidade nesses processos é a análise contínua de indicadores. 

Afinal, quando se tem controle quanto aos aspectos que definem a qualidade e o prazo das entregas, é possível ter uma operação muito mais preparada para lidar com as particularidades do produto que impactam em suas necessidades de cuidados no transporte. 

→ Descubra mais sobre esse passo importante assistindo ao vídeo:

 

Como a tecnologia pode auxiliar no transporte de produtos de higiene e limpeza? 

O investimento em tecnologia para monitoramento e rastreamento é valioso para que o transporte de produtos de higiene e limpeza ocorra da melhor forma possível, do planejamento à execução. 

A digitalização proporcionada por essas soluções ajuda o gestor de logística a lidar com um grande volume de dados, indicadores e normas de forma mais ágil e simples, além de possibilitar que diversas tarefas manuais e morosas sejam automatizadas e realizadas sem erros, inconsistências e atrasos. 

Com as soluções de logística da Máxima Sistemas, por exemplo, a sua gestão pode obter o controle da operação de transporte e da força de vendas. Isso significa acesso a valores cobrados de carregamento, melhores rotas, montagem automatizada de carga, planejamento das janelas e condições de entrega e diversos outros benefícios. 

Isso permite que você garanta as condições ideais para o transporte e a segurança dos produtos de higiene e limpeza, fortalecendo o relacionamento com os seus clientes e a eficiência da operação de seu atacado distribuidor. 

Com o maxMotorista, por exemplo, é possível acompanhar, em tempo real, o status das entregas, garantindo que elas estejam sendo feitas conforme o estabelecido pra assegurar a integridade dos itens de higiene pessoal e limpeza transportados.  

Essa solução também permite que o gestor de logística tenha um controle de custos confiável de cada viagem, além de suporte em fatores como notas fiscais, tempo de espera e controle sobre avarias e devoluções de modo simples e organizado.  

Outra tecnologia que oferece benefícios na gestão do transporte e produtos de higiene e limpeza é o maxRoteirizador. Entre outras facilidades, ele evita gargalos como o planejamento informal da rota, feito normalmente pelo motorista, e que pode comprometer a segurança dos produtos de higiene e limpeza.  

Ainda, é possível planejar com grande agilidade a capacidade máxima de cada caminhão, considerando as características específicas desse tipo de carga.  

Você já trabalhou, em sua operação logística, com o transporte de produtos de higiene e limpeza? Precisa de ferramentas que auxiliem na gestão logística do seu atacado distribuidor? Confira mais detalhes e benefícios das soluções de logística da MáximaTech.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments