logística de transporte

logística de transporte

A logística de transporte é uma atividade fundamental para muitas organizações brasileiras. Porém, essa também é uma rotina que pode gerar diversos prejuízos desnecessários na entrega – consumindo tempo e recursos da empresa.

Uma das razões pelas quais a gestão da logística de transporte se torna ineficaz é tentar entendê-la isoladamente. Na verdade, ela é interdisciplinar, e está relacionada a vários processos operacionais na empresa – seja na área de seguros, de boas práticas administrativas, de soluções de automação, etc.

Neste artigo, vamos ajudá-lo a refletir sobre este tema, falando um pouco mais sobre o processo de logística de transporte para entender o que perpassa o seu sucesso total. Acompanhe.

Leia mais

4 técnicas de negociação

técnicas de negociação

Em vez de ler, que tal ouvir?

Para falarmos em técnicas de negociação, precisamos começar reconhecendo que cada venda, cada cliente, deve ter uma abordagem personalizada. A partir disso, também é preciso considerar que existem procedimentos repetíveis que funcionam para o propósito de negociar e fechar negociações.

Dessa forma, entendemos que as técnicas de negociação são empregadas para garantir qualidade no diálogo com clientes e, consequentemente, alcançar o sucesso em vendas.

Confira, a seguir, o conjunto de procedimentos de conversação propositiva que permitem o fechamento de parcerias produtivas e duradouras para a sua empresa e para seus clientes!

Leia mais

Qual a importância do custo de transporte para a logística

Qual a importância do custo de transporte para a logística
Em vez de ler, que tal ouvir?

Você já parou para pensar com mais cuidado sobre qual a importância do custo de transporte para a logística e como ele está associado a uma operação logística mais custo-eficiente?

Na correria do dia a dia, por vezes, assumimos um comportamento mais reativo, lidando com problemas, desperdícios e gastos acima do previsto conforme eles vão surgindo. No entanto, uma boa gestão proativa dos custos logísticos é cada vez mais central para o sucesso do atacado distribuidor, que está inserido em um ambiente de negócios dinâmico e no qual o descontrole pode levar facilmente à perda de clientes e da rentabilidade.

Por isso, é crucial adotar boas práticas que ajudem a manter a operação logística em um elevado nível de excelência, mas com gastos que fiquem dentro dos limites estabelecidos. E, para se conseguir isso, é fundamental atuar na otimização do custo de transporte, que são tão impactantes no composto dos custos logísticos das empresas integrantes da cadeia de abastecimento.

Preparamos este artigo para ajudá-lo nesse desafio. Continue a leitura e saiba mais sobre qual a importância do custo de transporte para a logística e veja dicas para mantê-lo controlado e otimizado e, ainda, obter benefícios adicionais para a excelência logística e para a satisfação e retenção de seu cliente. Acompanhe a seguir.

Leia mais

sistema de força de vendas

Como escolher um sistema de força de vendas

Com a digitalização sendo acelerada em todos os setores do mercado, o sistema de força de vendas para atacados distribuidores se torna uma necessidade cada vez mais imperativa.

Nessa área, de grande competitividade e marcada pela dinamicidade, um bom sistema de força de vendas ajuda a garantir a retaguarda para que o vendedor externo performe melhor, otimizando tempo produtivo e agilizando pedidos.

A verdade é que, sem um sistema que centralize, automatize e agregue funcionalidades, manter o controle da atuação de cada vendedor, o número de visitas feito e o tempo entre elas torna-se desgastante para o gerente comercial. Isso sem considerar a taxa de conversão e pedidos de vendas, contribuição para o fechamento das metas comerciais, acompanhando em tempo real as vendas e suporte para que o vendedor externo tenha maior produtividade e renda mais.

No entanto, não basta apenas contratar qualquer sistema de força de vendas para que tudo isso seja automaticamente disponibilizado e resolvido. Há grande variabilidade entre as soluções encontradas no mercado.

Por isso, é importante conhecer quais são os reais diferenciais entregues por cada ferramenta, de modo a tornar a escolha mais acertada e que, de fato, irá contribuir para impulsionar os resultados de sua equipe.

Neste artigo, descubra mais sobre tudo que você precisa saber para escolher um bom sistema de força de vendas. Acompanhe a seguir.

Aprenda como alavancar suas vendas!

Leia mais

Em vez de ler, que tal ouvir?

Um software para roteirização é uma plataforma inteligente que filtra dados históricos e considera alguns parâmetros para montagem de cargas e organização de rotas ideais de entrega.

Esse tipo de aplicação pode apresentar, por exemplo, condições de tráfego enquanto usa localização em tempo real, clima, atualizações de trânsito etc. Ou seja, auxilia no planejamento, mas não torna a execução do planejado estática.

Essa solução tecnológica também permite rastreamento em tempo real, comunicação contínua e atualizações automatizadas para o gestor logístico e sua equipe, o motorista e os clientes – e é essencial para uma gestão de logística e transporte orientada a dados.

Basicamente, um software para roteirização facilita gerenciamento de frota, melhorias na produtividade e aumento da adesão ao SLA pré-estabelecido. Como consequência, fornece vantagens que vão desde a economia de combustível até a redução do custo de mão de obra, passando por eliminação de erros, satisfação do cliente etc.

Do ponto de vista puramente empresarial, podemos afirmar que um bom sistema para roteirização tem estes objetivos finais:

  • Otimizar
  •  Fornecer controle
  •  Reduzir custos logísticos de distribuição/entrega.

Neste artigo, você vai ver um detalhamento sobre software para roteirização e, também, dicas para avaliar se investir nele é algo válido para o momento que sua empresa vive.

Acompanhe!

Leia mais

Gestao de vendas

Gestao de vendas

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

No mundo do atacado distribuidor, seus representantes são a chave do sucesso da gestão de vendas na empresa. Afinal, são eles que garantem que os produtos cheguem às mãos do consumidor.

O processo de vendas no atacado é construído através da criação e manutenção do relacionamento com seus clientes diretos, os varejistas. São seus representantes que estão na linha de frente, para garantir o aumento das vendas no longo prazo.

Eles que visitam os varejistas, garantem que possuem produtos o suficiente no estoque para evitar a ruptura de gôndola, realizam as medidas necessárias para manter o relacionamento com os varejistas e para garantir que o consumidor esteja feliz.

Mas, como um gestor de vendas, você precisa se armar com o conhecimento e as habilidades necessárias para gerenciar seu time de forma a garantir o sucesso ao longo do ano!

No artigo de hoje, forneceremos exatamente isso. Continue lendo e descubra o que não pode faltar na sua gestão de vendas para otimizar seus resultados, e as principais ferramentas para fazer isso!

Que tal ter um gerenciamento completo para um e-commerce de alta performance?

Confira também as nossas dicas em vídeo:

Leia mais

ruptura de gôndola

ruptura de gôndola
Em vez de ler, que tal ouvir?

A nova paisagem digital no atacado distribuidor proporcionou às empresas uma série de oportunidades emergentes para criar e atender suas demandas. Mas um problema antigo continua ocorrendo apesar de todas as mudanças interessantes: a ruptura de gôndola.

A ruptura de gôndola ocorre quando o varejo tem uma venda de produtos que não pode cumprir, ou quando perde uma venda por não ter estoque o produto solicitado. Fornecedores e varejistas estão muito familiarizados com esse problema, um dos mais antigos e mais perniciosos desafios enfrentados pelo setor.

Felizmente, novas ferramentas para coletar, compartilhar e gerenciar dados do ponto de venda podem reduzir drasticamente a incidência da ruptura de gôndola. E para que você também saiba como utilizá-las, mostramos, a seguir, como a gestão qualificada de trade marketing pode lhe ajudar! Acompanhe.

Confira também as nossas dicas em vídeo:

Leia mais

movimentação de cargas

movimentação de cargas

Em vez de ler, que tal ouvir?

A movimentação de cargas é um ponto muito sensível de todo atacado distribuidor. Quando feita corretamente, ela se torna um fator de grande relevância na economia de custos, permite maior sucesso nas entregas e ainda garante a simplificação de processos de uma forma eficiente e segura.

Por isso, o artigo de hoje trata da importância de realizar um trabalho adequado de movimentação de cargas, e mostra quais são os principais prejuízos evitados quando um bom trabalho de logística é realizado. Acompanhe.

O que é movimentação de cargas e qual seu impacto nos negócios

Por definição, quando falamos de movimentação de cargas, estamos nos referindo a uma parte importante da logística de distribuição. Sua principal finalidade é abastecer os clientes dentro dos prazos estabelecidos no momento da negociação/fechamento do pedido. Quando bem realizada, ajuda a estruturar fretes eficientes e com menor custo para a empresa e para o cliente, o que é um diferencial significativo no mercado.

Hoje em dia, a movimentação de cargas é uma crescente preocupação do mercado logístico brasileiro, que já percebe os grandes benefícios que um trabalho bem realizado nessa área pode trazer para os negócios.

A eficiência na movimentação de cargas garante que o negócio mantenha a reputação com os seus clientes já fidelizados, e atrai uma clientela ainda maior, interessada no seu diferencial: a logística competente e que não atrasa.

Investir em melhorias na movimentação de cargas e na sua integração através de sistemas e canais de comunicação em tempo real garante que você se mantenha sempre em um ótimo patamar no mercado e, também, possibilita uma grande economia para atacadistas distribuidores.

Em suma, movimentar as cargas com eficiência significa empregar estratégias e ferramentas para agilizar as operações. Também resulta em mais segurança, além da entrega de um serviço de ótima qualidade, que é sentido pelos clientes, gera satisfação e potencializa resultados.

→ Confira também as nossas dicas em vídeo:

Problemas gerados pela falta de uma boa gestão de movimentação de cargas

Entregas em endereço errado, rotas que gastam muito combustível, atrasos na entrega e danos estruturais ao produto são prejuízos que você pode enfrentar se não realizar uma sistematização adequada da movimentação de cargas.

Neste tópico, vamos explorar alguns desses problemas e mostrar como uma gestão eficiente em movimentação de cargas vai lhe ajudar a saná-los.

Falta de fluxos de movimentação claros e objetivos

Ao não ter uma estratégia bem estruturada de movimentação de cargas, a empresa não consegue estabelecer fluxos claros e objetivos. E isso é bastante problemático, pois os fluxos de movimentação são a base para etapas, como localização de produtos, insumos e materiais dentro do armazém.

Isso também é um problema, pois a operação fica confusa, impactando, por exemplo, na falta de planejamento do layout, que prejudica toda a formulação logística.

Empresas que não fazem uma boa gestão de movimentação de cargas, normalmente, não fazem uso de ferramentas como a curva ABC (que facilita a separação dos produtos no estoque conforme sua importância relativa), perdendo, assim, o controle de seus estoques. Como resultado, fica cada vez mais difícil controlar e otimizar custos, e, também, manter um bom nível de atendimento aos clientes.

→ Leia também: Como fazer a gestão de custos logísticos no atacado? 

Rotas não otimizadas

Às vezes, as entregas podem atrasar simplesmente porque, durante o caminho, algum engarrafamento tomou muito tempo do motorista.

Esse problema pode ser facilmente resolvido com soluções simples dentro da gestão de movimentação de cargas. Algumas empresas já trabalham com softwares que guiam o motorista pela melhor rota de entrega possível, evitando áreas de grande concentração de veículos e reajustando seu trajeto em casos de imprevistos.

Esse controle de rotas é fundamental para a otimização da movimentação de cargas, já que você consegue entregar tudo em tempo e ainda economiza combustível ao escolher a rota mais curta para o seu destino.

→ Leia também: Como a roteirização inteligente reduz seus custos?

Falta de monitoramento das entregas

Outro grande problema causado pela má gestão em movimentação de cargas é a falta de comunicação eficiente entre os entregadores e os supervisores de estoque.

É importante que todo o setor de entregas funcione em conjunto, para que as rotas sejam respeitadas de acordo com os conhecimentos do supervisor, que sabe quais são as mais críticas e as que podem esperar um pouco mais.

É necessário um canal de comunicação com os motoristas e um sistema que permita o acompanhamento das entregas para que você saiba exatamente onde eles foram e irão a seguir. Com isso, é possível estimar para o cliente com a maior exatidão possível quando a entrega será realizada.

→ Leia também: A importância do monitoramento de entregas na otimização de rotas.

Depreciação da carga

Quando se trabalha com a entrega de produtos perecíveis, é importante atentar para a sua natureza na hora da entrega.

Por isso, a movimentação de cargas deterioráveis deve ser absolutamente roteirizada, com um planejamento que priorize, sempre, a entrega de produtos perecíveis, e que seja inteligente, ou seja, capaz de lidar com os prazos, ao mesmo tempo em que leva a depreciação da carga em consideração.

Já existem sistemas capazes de realizar essa roteirização, dando estimativas de tempo de entrega e até de descarga, para que você possa controlar minuciosamente seus prazos e o de expiração da mercadoria.

Falta de integração

A integração de várias ações e métodos em sistemas digitais é a grande aposta para o futuro da movimentação de cargas.

Hoje em dia, saber tudo o que se passa nas suas rotas é fundamental para elaborar estratégias cada vez melhores e oferecer suporte em tempo real. É assim que os atrasos desaparecem e as dificuldades de organização e de pessoal são sanadas.

Portanto, procure empresas da área e conheça as soluções que estão sendo apresentadas para maximizar o seu retorno sobre o investimento.

Perda de controle de gastos com combustível

Em um nível ainda mais prático, quando a movimentação de cargas não é realizada de maneira sistematizada e estratégica, a empresa pode perder o controle de seus custos com combustíveis – isso tanto internamente (com empilhadeiras, por exemplo) quanto com a frota que transporta mercadorias entre armazéns e também nas entregas aos clientes.

Insatisfações e baixa produtividade da equipe

Por fim, é muito importante pensar a gestão de movimentação de cargas no que diz respeito à produtividade das equipes (do conjunto de profissionais que compõe a gestão logística).

Uma movimentação de cargas ineficiente e amadora sobrecarrega os profissionais, gera stress e cansaço físico, o que resulta em insatisfações laborais e torna o dia a dia operacional pouco produtivo.

Portanto, os esforços de melhoria na gestão de movimentação de cargas também devem contemplar capacitação dos trabalhadores, entrega de ferramental e recursos tecnológicos. Além disso, é importante investir em treinamentos e reciclagens de conhecimentos relativos a métodos de trabalho e uso de sistemas e equipamentos.

Conclusão

Como vimos, a movimentação de cargas é uma parte muito importante da logística de distribuição. Quando bem realizada, ela torna os fluxos de trabalho mais claros e eficientes, facilita a roteirização e o monitoramento de entregas. Também torna tudo mais integrado e, portanto, mais fácil de gerenciar, além de impactar em questões bastante práticas, como o controle de gastos com combustível e a produtividade do time.

Portanto, cuidados na movimentação de carga são tão importantes quanto os no transporte e no armazenamento. Aliás, eles estão sob o guarda-chuva da gestão logística e são muito importantes para o dia a dia operacional e estratégico das organizações.

Ao estruturar uma boa gestão de movimentação de cargas, a empresa consegue controlar rigorosamente os pedidos e as entregas, mantém sua frota atualizada, guarda dados que ajudam as decisões dos gestores e do time, melhora a comunicação interna – enfim, são muitos os benefícios que vão ser sentidos nos resultados obtidos e, também, em como o mercado percebe o negócio.

Como está a movimentação de cargas em sua empresa? Venha conhecer as soluções da Máxima Tech e ver como podemos ajudá-lo a melhorar gerenciamento de entregas e outras rotinas!

gestão da informação

gestão da informação

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

O conceito de gestão da informação diz respeito à coleta e ao gerenciamento estratégico de informações — que são oriundas de várias fontes, armazenadas em diversos formatos e distribuídas para diferentes públicos.

Hoje, as informações são eletrônicas e físicas, com ênfase nos dados digitais. No entanto, o termo também abrange documentos em papel e outros documentos eletrônicos, como conteúdo de áudio e vídeo, social e comercial.

A gestão da informação determina como as pessoas e as organizações trabalham com seus dados estruturados e não estruturados. Isso significa avaliar os aspectos práticos de como lidar com as informações, além de levar em consideração as implicações éticas de gerenciar o que, às vezes, são informações confidenciais e privadas.

Sobre isso, vamos conversar ao longo deste artigo. Acompanhe para entender porque a gestão da informação é importante para o mercado atacadista distribuidor e quais são os benefícios de torná-la estratégica em seu negócio!

Conheça os indicadores para uma gestão completa do atacado distribuidor!

Leia mais

logística de distribuição

logística de distribuição

Em vez de ler, que tal ouvir?

Foi-se o tempo em que a logística de distribuição de uma empresa era feita por meio de papéis, que circulavam entre a organização, fornecedores e clientes. Hoje, uma gestão de entregas eficiente e sem falhas deve contar com o auxílio da tecnologia.

E ela não deve ser usada, somente, para otimizar a comunicação, mas também no próprio controle das entregas realizadas. Afinal, é sabido que a logística de distribuição é um dos pontos que mais influencia na lucratividade da empresa e na satisfação do cliente – logo, merece contar com as melhores ferramentas.

Para lhe mostrar como a tecnologia é uma grande aliada para a logística de distribuição, exemplificamos os erros que ela ajuda a corrigir, quais são as principais tendências e o que a transformação digital do atacado distribuidor pode fazer pelos seus resultados! Acompanhe!

Leia mais