Em vez de ler, você pode ouvir este artigo.

 

Um mapa de calor é uma representação gráfica dos dados, que destaca a densidade dos dados de acordo com uma rubrica codificada por cores ou outra forma de chave de mapeamento.

Normalmente, as áreas de densidade mais alta são indicadas por cores mais quentes como o vermelho, enquanto as regiões de densidade mais baixa são marcadas com cores mais frias, como o azul.

Na área comercial, os mapas de calor ajudam os líderes e representantes da equipe de vendas a compreender rapidamente os dados-chave e desenvolver percepções acionáveis ​​a partir deles.

Sobre isso, vamos conversar ao longo deste artigo.

Continue lendo para entender o que é um mapa de calor, como funciona e que vantagens pode oferecer para a sua gestão de vendas! Leia mais

 

Em vez de ler, que tal ouvir este artigo?

Você tem controle sobre o histórico de compras do seu atacado? Sabe o que o seu cliente comprou 6 meses atrás? Muitos gestores no atacado distribuidor ficam desesperados para encontrar “carne nova” no mercado — especialmente com a alta competitividade de hoje. No entanto, são tantas as estratégias que você pode tentar para conseguir novas vendas, que é fácil ficar perdido e não acertar nenhuma.

Às vezes este é o momento certo de cupons de desconto, ou quem sabe fazer uma liquidação de determinado produto. É difícil afirmar qual caminho vai gerar mais vendas e você pode acabar tendo que usar somente sua intuição para definir estratégias de vendas.

Mas a verdade é que você não precisa se apoiar somente nisso: o histórico de compras dos seus clientes está disponível para que suas estratégias sejam muito mais do que um jogo de adivinhação.

Usar os dados gerados pelas vendas já realizadas permite que você saia do escuro quando o assunto é aumentar as vendas do atacado distribuidor.

No artigo de hoje, mostraremos como utilizar o histórico de compras do cliente para otimizar as vendas do seu atacado! Acompanhe. Leia mais

Inteligência-comercial

Inteligência-comercial-como-implementar-no-seu-atacado

 

Em vez de ler, que tal ouvir este artigo?

 

Se você tivesse nas mãos uma ferramenta para prever o desenrolar do mercado e as atitudes que o consumidor vai tomar, provavelmente, seu atacado distribuidor seria o mais bem-sucedido de todos, certo? O que você talvez não saiba é que essa ferramenta já existe — e não estamos falando de tarô ou bola de cristal, mas sim de uma estratégia comprovadamente testada e eficiente: a inteligência comercial.

A inteligência comercial tem muitos nomes; inteligência de negócios (ou seu par em inglês, Business Intelligence) e análise de dados são alguns deles. Mas todos se referem a mesma coisa: ao uso dos dados para tornar sua organização mais inteligente e, claro, otimizar seus resultados.

Aguçamos sua curiosidade sobre o assunto? Continue lendo e veja como e porque implementar a inteligência comercial no seu atacado distribuidor agora mesmo!

Faça o download grátis do checklist completo!

Leia mais

 

Em vez de ler, que tal ouvir este artigo?

 

Os representantes de vendas fazem várias visitas todos os dias a novos clientes potenciais e clientes fixos e, ao mesmo tempo, também precisam manter um registro de suas atividades – e é aí que entra um software de vendas.

Com o mercado cada dia mais competitivo de hoje, as organizações precisam apostar em taxas de conversão mais rápidas, e os representantes precisam ser capazes de acelerar seu processo de vendas para atingir um maior crescimento nos números.

Trabalhar no aprimoramento de metodologias não é suficiente para os representantes, pois o novo jogo é desafiador e precisa de inteligência no processo. Portanto, é aconselhável que a equipe de vendas do seu atacado distribuidor utilize ferramentas para automatizar suas atividades.

O software de vendas capacita os representantes com inteligência orientada à análise de dados e ferramenta de comunicação avançada, que lhes permite prospectar com mais rapidez e fechar mais vendas. Os representantes podem testemunhar alguns benefícios, como taxa de resposta mais rápida e melhora na taxa de conversão.

Neste artigo, vamos falar sobre o conceito de um bom software de vendas, além de alguns dos recursos que ele deve oferecer para fazer seu atacado distribuidor crescer! Acompanhe! Leia mais

Como-elaborar-um-relatorio-de-vendas-do-atacado-distribuidor

aprenda-elaborar-um-relatorio-de-vendas-do-atacado-distribuidor

 

Em vez de ler, que tal ouvir este artigo?

Um bom relatório de vendas possibilita planejar ações comerciais por meio de análises periódicas, ampliando o índice de acerto e corrigindo erros. Ele ajuda a empresa a aumentar a competitividade no mercado, e não é diferente no setor atacadista distribuidor.

O gestor comercial atacadista sabe que não basta apenas a sua equipe vender. É preciso planejar e monitorar suas atividades para aumentar as vendas e não perder espaço para a concorrência.

Para isso, é necessário dispor de relatórios de vendas eficazes, que realmente reflitam os resultados obtidos pelo time. Agora, o que seria um relatório de vendas realmente eficaz? Como ele deve ser configurado e, posteriormente, analisado?

Essas são perguntas que buscamos responder ao longo deste artigo.

Confira!

Leia mais

Como-selecionar-representantes-comerciais-que-batem-metas

 

Em vez de ler que tal ouvir este artigo?

As posições de vendas podem ser as mais importantes, bem como as mais difíceis de preencher. Uma empresa estabelecida entende que os representantes comerciais são fundamentais para transformar os esforços de todos em resultados concretos. Além disso, um produto de ponta ou uma estratégia de marketing inovadora não vão a lugar nenhum sem os esforços incansáveis das equipes de vendas.

No entanto, selecionar representantes comerciais que batem metas não é uma tarefa simples. A eficiência desses profissionais pode depender de um conjunto de fatores: suas habilidades, experiências anteriores, produtos vendidos pela sua empresa, cultura organizacional, relacionamentos internos, trabalho em equipe, e muito mais.

Levando tudo isso em consideração, como selecionar representantes comerciais que batem metas? Confira logo a seguir! Leia mais

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

 

Antes de falarmos das funcionalidades maxPedido, a gente sabe que gerenciar uma equipe de vendedores remota não é lá um mar de rosas. Além da distância, os gestores de venda no atacado distribuidor ainda enfrentam o problema de gerenciar uma equipe muitas vezes grande, espalhada em diversos pontos geográficos.

A boa notícia é que é fácil solucionar todos esses problemas.

A tecnologia trouxe inúmeras facilidades, não só para a vida do gestor, que fica no escritório, como também para o vendedor, que passa o seu dia na rua, visitando clientes.

A seguir, saiba mais sobre as funcionalidades maxPedido: as soluções do aplicativo líder no segmento atacadista distribuidor. Leia mais

Em vez de ler que tal ouvir este artigo?

O papel da força de vendas é determinante em muitos negócios. No atacado distribuidor, um time de vendas externas de alta performance faz toda a diferença – especialmente nestes momentos de alta concorrência e macroeconomia com pouco fôlego.

Neste artigo, trazemos os maiores ganhos que o atacadista distribuidor tem ao implementar uma força de vendas tecnologicamente equipada. Além disso, também apontamos caminhos para que essa estratégia seja bem planejada e executada.

Continue lendo para entender que predicados e ferramentas sua empresa deve priorizar para que o papel da força de vendas nos resultados do negócio seja mais bem desempenhado! Leia mais

Em vez de ler, que tal ouvir este artigo?

O que você não pode medir, você não pode melhorar. Por isso, os gestores precisam monitorar os indicadores de produtividade se quiserem compreender melhor os resultados conquistados pelo time de vendas.

Os indicadores de produtividade de vendas permitem que o gestor entenda, meça, controle e melhore o desempenho das equipes comerciais. Mas como essas métricas podem ser exploradas por um gerente de vendas?

A verdade é que muitos gerentes já monitoram algumas métricas – como número de ligações vendas (ou reuniões) por dia, lucratividade por vendedor e cumprimento de metas por pessoa. Entretanto, é possível ir muito além disso para obter insights valiosos.

Muitas empresas investem em sistemas de CRM esperando que todos os problemas sejam resolvidos. Porém, esse não é o papel da tecnologia. Um CRM pode ajudar a gerenciar a precisão dos dados de vendas e monitorar o desempenho da equipe de vendas, mas não melhora ativamente os processos de vendas. Podemos gerar relatórios extremamente detalhados, mas muitas vezes não sabemos o que fazer com todas essas informações e corremos o risco de desenvolver uma “paralisia da análise”.

O segredo para fazer análises mais precisas e inteligentes está em conhecer os principais indicadores de produtividade e acompanhá-los de perto. Com base nessas informações valiosas, será possível visualizar com clareza os resultados obtidos pelos vendedores – trabalhando constantemente para promover melhorias.

Neste artigo vamos destacar os 12 indicadores de produtividade para acompanhar o time de vendas. Confira! Leia mais

Em vez de ler, que tal ouvir?

A metodologia FLEX é fundamental para empresas que utilizam os descontos de maneira estratégica. Ela permite que os vendedores tenham autonomia para negociar valores, ao mesmo tempo em que preserva margens e o planejamento comercial. Leia mais