,

6 sinais de que o seu sistema logístico precisa de um software

Em vez de ler, que tal ouvir?

Gerenciar um sistema logístico é um desafio de alta complexidade. Afinal, quando são detectados gargalos na operação, nem todo atacadista distribuidor consegue se adaptar rapidamente. 

E, como resultado, perde-se em eficiência no serviço de suas equipes e no atendimento a seus clientes — o que, é claro, impacta no faturamento e no sucesso do negócio. Você enfrenta problemas em processos de seu sistema logístico? Já pensou como resolvê-los com efetividade?

A distribuição por atacado é um tipo de operação complexa e de alto volume, que pode se beneficiar muito da inovação e da digitalização para obter eficiência e vantagem em um mercado cada vez mais competitivo. 

Isso porque, harmonizar o seu sistema logístico com as melhores práticas e tendências é fundamental para que o seu negócio opere com gargalos minimizados e eficiência otimizada, e para que não fique ultrapassado em relação ao mercado. Utilizar um bom software logístico pode fazer parte disso. 

Se você tem dúvidas sobre o tema, continue a leitura. No artigo de hoje, reunimos alguns dos principais sinais de que o seu sistema logístico pode se beneficiar de um software especializado. Dessa forma, você pode avaliar a melhor forma de otimizar o seu gerenciamento e melhorar os seus resultados do negócio. Confira a seguir. 

Logística do atacado distribuidor: por que aprimorá-la continuamente? 

Você pode não pensar em Napoleão Bonaparte como uma referência em logística. No entanto, ele disse algo que reverbera até os dias de hoje em relação a esse setor: “um exército marcha sobre seu estômago” – isto é, manter as forças bem providas é fundamental para o sucesso na guerra. Da mesma maneira, sem logística eficiente, uma empresa não pode vencer a guerra da alta competitividade. 

E isso se torna ainda mais verdadeiro em um cenário no qual as demandas dos shoppers por conveniência, escolha, preço e experiência continuam a se transformar e intensificar rapidamente. Estar um passo à frente e ter um sistema logístico aprimorado, portanto, é uma chave para o sucesso. 

→ Ouça este episódio do MáximaCast para saber como desenvolver a estratégia perfeita para alavancar sua logística:

 

No entanto, sabemos que nem sempre isso é fácil. Os esforços para acompanhar os desejos e necessidades em evolução dos clientes, muitas vezes, resultam em gargalos como problemas de estoque, de roteirização, de acompanhamento dos pedidos, de celeridade associada à eficiência nas entregas e outros. 

Uma questão-chave na previsibilidade necessária para oferecer um serviço logístico eficiente é a lacuna entre a demanda do consumidor e o atendimento do atacadista. 

Padrões de comportamento em lojas físicas não são mais a fonte exclusiva ou mais confiável de sinais de demanda, então varejistas e atacadistas distribuidores precisam atualmente abordar a previsão sob um novo ângulo. 

A resposta das distribuidoras de sucesso tem passado por uma parceria mais próxima com os varejistas e a implementação de novos processos e aplicações tecnológicas que agilizam a agregação, análise e comunicação de informações. 

→ A análise de indicadores de logística de entrega também é importante para isso. Saiba mais neste vídeo: 

 

Qual é a importância de analisar o sistema logístico? 

Como vimos, otimizar e tornar o sistema logístico mais eficiente é uma necessidade constante do atacadista distribuidor. E, para fazer isso, a base do trabalho é a análise de cada etapa, processo e escopo de sua operação. 

Além disso, cabe lembrar que muitos distribuidores gerenciam uma ampla gama de combinações de produtos e serviços ao longo de seus processos de negócios. Este é um tipo de negócio que lida com um número muito elevado de clientes, produtos, canais de distribuição e requisitos de operação específicos para cada local. 

Nesse contexto, mesmo pequenos erros de previsão e cálculo podem afetar muito a lucratividade de seus negócios e a satisfação e fidelização de seus clientes. Fazer a análise recorrente do sistema logístico, portanto, é algo essencial para evitar esses problemas na operação. 

Por vezes, temos a tendência de nos acostumarmos a executar métodos e funções ao ponto em que não analisamos mais o processo e se há oportunidades de melhoria em relação a ele. Por conta disso, é possível que seu sistema logístico não esteja operando da maneira mais eficiente possível. 

Em muitos casos, nos ocupamos tanto em organizar e executar atividades operacionais que a própria implementação de uma nova metodologia ou melhoria pode parecer desnecessária ou onerosa. Entretanto, comumente, é exatamente o contrário. 

Ao analisar o sistema logístico de maneira inteligente, a operação de atacado varejista tem muito a ganhar. Por isso, antes de investir em um novo software logístico, é importante que se mapeiem os processos. 

Desse modo, com uma visão geral dos esquemas e etapas de sua operação, é possível colocar na ponta do lápis gastos, rendimentos e as suas conexões com cada passo da cadeia. 

Quando o gestor tem acesso a uma visão completa de seu sistema logístico, é possível identificar pontos que podem ser otimizados. Da mesma forma, ameaças ao faturamento da empresa podem ser corrigidas com antecedência. 

Por isso, a análise é algo tão central para a operação de um atacadista distribuidor de sucesso. E para fazê-la com agilidade e assertividade, obtendo os melhores benefícios e insights, como veremos, utilizar um software logístico é algo fundamental. 

→ Quer obter insights para a sua análise? Confira nosso checklist para fazer uma avaliação completa para monitorar a logística do seu atacado distribuidor 

Analise a logística do seu atacado distribuidor

6 indícios de que o seu sistema logístico precisa de um software 

Há uma série de problemas que muitas distribuidoras enfrentam, porém, sem conseguir estabelecer estratégias para resolvê-los. 

Tratam-se de pontos que estão em desarmonia no sistema logístico do atacadista distribuidor, que podem estar associados à falta de digitalização, de automação e modernização em seus processos. 

A seguir, conheça alguns exemplos. 

1. Não aproveitamento de toda a capacidade de carga 

Ao organizar o transporte e a distribuição de seu sistema logístico, é importante que ele possa operar com o máximo de eficiência possível. 

E um elemento crucial para isso é obter o melhor aproveitamento de toda a capacidade de carga de cada veículo. E, para isso, o software especializado oferece importantes contribuições. 

Em sua gestão, não há dados para determinar indicadores importantes para o desempenho da logística, como a utilização da capacidade de carga do caminhão? Ou, ainda, reunir e coletar esses dados é algo trabalhoso e limita o seu potencial estratégico no mercado distribuidor? Então, é sinal de que você precisa de um software logístico que lhe ajude a planejar tudo de forma ágil. 

O software maxRoteirizador, desenvolvido pela MáximaTech, conta com o recurso de montagem de carga automática. Isso significa que, com base nos seus recursos e gastos, o seu sistema logístico garante o melhor aproveitamento de carga por seu modelo e custo-benefício, com a capacidade máxima do caminhão. E tudo isso em apenas 10 segundos, ideal para desenvolver uma operação mais ágil. 

2. Alto custo de manutenção e abastecimento da frota 

A malha de transporte viário no país sempre gera limitações e dificuldades que precisam ser superadas pelas empresas que rodam sua operação nas estradas. E, embora o seu sistema logístico não possa alterar sozinho os fatores macro associados a esse gargalo, é possível aprimorar sua operação para gerar economia. Do contrário, é possível que o seu cliente abandone a compra pelo valor elevado de frete, por exemplo. 

Você já teve de enfrentar a questão da distância ou condição do cliente mais vantajosa para uma entrega de seu mix de produtos? Não consegue diminuir os elevados custos que incidem no transporte das cargas? 

Saiba que um software especializado pode oferecer recursos úteis para que você realize um melhor monitoramento dos processos. E, por consequência, encontre maneiras de aumentar a produtividade de sua empresa e manter certos custos minimizados. 

→ Confira no vídeo maneiras de controlar custos com transporte na sua distribuidora:

 

 

Por exemplo, com um software especializado, um planejamento de rotas otimizado pode ser reajustado de forma dinâmica para todas as suas equipes. E isso pode levar a uma importante redução de custos com combustível. 

Ainda, os melhores softwares logísticos oferecem, também, oportunidade de economia por meio de um melhor controle nos gastos com a frota com o monitoramento de entregas. 

Com esse recurso, você identifica a melhor rota e não desgasta excessivamente os veículos nem gasta além do necessário com os carregamentos necessários. 

→ Para saber mais sobre como reduzir gastos em sua operação, baixe já nossa planilha para calcular custos e otimizar despesas 

 

3. Rápida depreciação da frota 

O mapeamento de rotas hoje em dia exige soluções dinâmicas. Um sistema logístico que não consiga se adaptar para operações mais enxutas e personalizadas não terá competitividade e resultados compatíveis com a força da operação. E isso, a médio e longo prazo, contribui para a depreciação da frota que estrutura a sua supply chain. 

Nesse sentido, o software logístico maxRoterizador também pode ajudar. Com ele, o gestor tem maior controle sobre os aspectos centrais da operação de forma mais simplificada e ágil. 

Assim, conhecendo a sua disponibilidade de veículos e demandas de recursos, ficará mais fácil evitar a depreciação antecipada dos veículos de sua frota.  

4. Falta de informações vitais sobre as entregas 

No meio de tecnologia, é comum dizermos que quando só há uma cópia de um documento, na prática, não há nenhuma cópia. Essa noção vem justamente de um aspecto de segurança e inteligência de negócio. 

Quando o seu cliente solicita o status de uma entrega, você tem uma resposta ágil e precisa para dar sobre o andamento da entrega? Ou sua distribuidora ainda depende do parecer da transportadora ou de conseguir um contato telefônico com o motorista? 

Com uma ferramenta de gestão de entregas, você consegue fazer com que clientes e colaboradores realizem o acompanhamento de ocorrências e status de todas as entregas e seus processos com rapidez e facilidade. 

E, com a localização exata de clientes e do caminho das entregas na integração do Google Maps disponível no maxRoteirizador, você garante uma otimização no atendimento de seu sistema logístico. Essa excelência no atendimento, além de otimizar processos, coloca o seu negócio à frente da concorrência. 

5. Frotas ociosas ou mal distribuídas 

Para atender toda a demanda dos centros de distribuição e pontos de venda espalhados no país, é preciso contar com uma frota comprometida e bem gerenciada. Um sistema logístico que sofre constantemente com problemas para atender a demanda ou mantém frotas paradas precisa saber como organizar e acompanhar melhor esses processos. 

Para fazer isso, o maxRoteirizador é uma excelente solução, que conecta a gestão e a sua equipe de colaboradores, disponibilizando a geolocalização para monitoramento ágil em seu controle. Dessa forma, a sua operação ganha com um planejamento robusto e rapidamente alinhado com a demanda e os custos de rotas estratégicas. 

6. Erros em dados importantes para a operação 

O custo de fidelização de um comprador tem grande impacto sobre o desempenho de seu sistema logístico. Afinal, se há uma desorganização na maneira de operacionalizar os processos e validar dados, a cadeia de suprimentos e as entregas sofrem consequências. 

Por isso, softwares especializados na gestão para o mercado atacadista distribuidor são úteis quando é necessário centralizar e obter precisão com essas informações. 

Desse modo, com dados cadastrais atualizados em tempo real e com locais de entrega já organizados com as suas rotas e gastos, evitam-se erros, como endereços ou locais desatualizados. Assim, a sua distribuidora garante um sistema logístico competitivo na distribuição e atacado e que opera com mais eficiência em todos os detalhes relevantes da sua logística. 

Como um software logístico pode resolver os seus problemas logísticos? 

A logística, a cadeia de suprimentos e o gerenciamento de entregas estão no centro de suas atividades atacadistas. Como vimos, as tecnologias de planejamento, gestão e otimização dos processos logísticos irão ajudá-lo a gerenciar com mais eficiência seus fluxos e entregas para responder a uma demanda que está em constante mudança tanto em quantidade quanto em qualidade. 

A centralidade do sistema logístico para o sucesso do atacadista distribuidor, portanto, é evidente. Se uma entrega de laticínios chegar estragada porque a refrigeração falhou, isso é um gargalo da logística do negócio. Se um pedido for entregue com atraso ou no endereço errado, a insatisfação ou perda do cliente decorrerá de um gargalo logístico.  

Há muitos problemas potenciais associados a um sistema logístico problemático, mesmo que em apenas alguns processos. Lidar com eles é parte essencial da gestão para que o negócio seja bem-sucedido e não perca competitividade. 

Para fazer isso, ter um software logístico é algo cada vez mais indispensável. Com ele, é possível tomar as melhores decisões de roteamento e entrega, conter custos, proteger investimentos e rastrear a movimentação de mercadorias. 

Esses softwares, muitas vezes, também podem automatizar diversos processos, como a montagem da carga para aproveitar a capacidade máxima do caminhão, ajudando a aperfeiçoar o sistema logístico do negócio e a otimizar seus recursos. 

Além disso, as soluções modernas e especializadas, como o maxRoteirizador e o maxMotorista, estão prontas para ajudar a solucionar os principais problemas que os atacadistas têm, como os que vimos neste artigo. 

Você quer conhecer mais sobre as soluções que a MáximaTech oferece para aprimorar o seu sistema logístico? Reduza já seus custos e alavanque seus resultados com o maxRoteirizador e o maxMotorista.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments