Em vez de ler, que tal ouvir?

Para muitos atacadistas e distribuidores, a gestão da frota traz à tona uma questão difícil de ser solucionada: a terceirização da frota vale a pena?

As organizações, geralmente, terceirizam a frota em busca do aumento de eficiência, redução de custos e pela possibilidade de focar mais nas atividades principais do negócio.

No entanto, a terceirização pode significar perder visibilidade e controle da frota, e não saber se ela está ou não sendo operada em sua melhor forma.

Existem bons argumentos para ambos os lados: tanto para a terceirização da frota quanto para manter o gerenciamento interno.

Nenhuma solução se adapta a todas as empresas. Em última análise, você precisará analisar sua própria situação e decidir qual curso de ação se adequará melhor às necessidades de sua empresa.

Neste artigo, apresentaremos as vantagens e desvantagens dos dois modelos para que possa fazer isso. Continue lendo conosco!

O que é a terceirização da frota?

Com um mercado cada dia mais exigente, as operações de frota muitas vezes enfrentam muita pressão para reduzir seus custos, e uma das soluções mais populares para isso tem sido terceirizar as funções de negócios não essenciais. Isso inclui a terceirização da frota.

A terceirização de frotas nem sempre é um empreendimento do tipo tudo ou nada. É possível manter o gerenciamento da sua logística interno, enquanto aproveita dos benefícios de utilizar uma frota terceirizada.

Essa terceirização acontece por meio de um modelo de negócio que fornece ao atacado distribuidor caminhões e, algumas vezes, motoristas 100% dedicados de um provedor de transporte terceirizado.

Existem muitas empresas no Brasil e no exterior que oferecem uma variedade de marcas e modelos para atender às necessidades do distribuidor. Muitas dessas empresas também cuidam da parte administrativa e incluem em seus custos a manutenção da frota.

A terceirização da frota pode ter um impacto positivo ao liberar seus gerentes de logística da execução de tarefas de baixo valor e permitir que eles se concentrem em questões centrais importantes. Ajuda a utilizar e maximizar os recursos externos, liberando recursos internos para outros fins. Isso agiliza e aumenta a eficiência das operações logísticas.

Os benefícios da terceirização da frota são bastante claros para as empresas que preferem uma despesa mensal fixa que permite maior acesso ao capital em vez da propriedade total de uma frota de ativos em depreciação.

As desvantagens geralmente dependem das necessidades do atacado distribuidor e dos preços fornecidos pelas empresas em sua área. Em alguns casos, a terceirização da frota pode não ser econômica.

Abaixo, mostraremos o que avaliar na hora de tomar sua decisão e, depois, avaliaremos as vantagens e desvantagens do modelo em detalhes.

Antes de continuar, veja nosso vídeo com passo a passo sobre como reduzir o custo de manutenção da frota!

O que avaliar ao considerar a terceirização da frota?

A busca pela terceirização da frota tem crescido no país. Esse movimento é reflexo do período de crise em que vivemos. A terceirização surge como alternativa para gerar caixa, uma vez que os veículos são bens com liquidez.

No entanto, isso não significa necessariamente que trocar a frota interna por uma frota terceirizada é a saída correta sempre que a empresa precisar reduzir custos. Abaixo, mostramos o que deve ser avaliado ao considerar a terceirização da frota:

Custos de manutenção da frota

O primeiro ponto a considerar são, sem dúvidas, os custos de manutenção. Isso envolve tudo, desde troca de óleo regulares até possíveis danos causados por acidentes.

Um dos pontos levados em considerações pelos gestores de logísticas e proprietários de empresas tem sido as péssimas condições das estradas brasileiras, o que pode elevar os custos de manutenção dos veículos.

Uma dica seria avaliar os dados históricos e entender o que o atacado distribuidor gastou referente à manutenção dos veículos no último ano.

Preço de mercado dos veículos

O segundo ponto a ser considerado é o preço de mercado dos veículos. Aqui, a alta do dólar tem impactado diretamente o valor dos ativos, especialmente para caminhões que não são fabricados no Brasil.

Além disso, a depreciação dos veículos de carga é alta, atingindo uma média de 20% ao ano. Isso significa que, para não perder dinheiro, é recomendável que o atacado distribuidor renove a frota de 5 em 5 anos, o que pode gerar altos custos iniciais de investimento.

Necessidade de gerar caixa

Como falamos, os veículos são bens com alta liquidez — o que significa que é relativamente fácil vendê-los e gerar caixa imediato para a empresa.

Em uma situação de crise financeira, terceiriza a frota pode ser uma saída. A empresa vende a frota privada atual e fecha contrato de terceirização com um provedor especializado.

No entanto, o impacto da venda da frota interna é de curta a média duração, o que significa que essa não pode ser uma saída utilizada sem que haja um planejamento geral de redução de custos, governança e controle de gastos.

Além do mais, essa opção só será vantajosa caso o contrato de leasing (nome pelo qual é chamado o contrato de terceirização da frota) for interessante para o atacado distribuidor.

Falta de foco no negócio

O atacado distribuidor não é um negócio de venda de veículos, mas sim de distribuição de bens. Cuidar da manutenção de caminhões e gestão desses bens, portanto, não é e nem deve ser o foco do gerente de logística.

Pelo contrário: o gestor de logística no atacado distribuidor deve ter sua agenda livre para se preocupar em otimizar a operação. Em outras palavras, é responsabilidade dele pensar na roteirização de entregas de forma a reduzir custos e garantir que os pedidos sejam entregues sem atraso.

A terceirização pode tirar das cargas desse gestor atividades com baixo valor estratégico e liberar tempo para pensar naquelas que trazem um alto valor.

Quais os benefícios da terceirização da frota?

Simplificando, na terceirização da frota, o atacado distribuidor incorrerá em pagamentos mensais, sem a necessidade de altos pagamentos de entrada.

A terceirização da frota é normalmente a resposta para frotas com 25 ou mais veículos para permitir que a empresa economize capital no momento do contrato.

Aquelas que optam pela terceirização poderão usufruir dos seguintes benefícios:

1. Maior eficiência do core business

A vantagem mais óbvia da terceirização é que ela permite que sua logística se concentre mais em seu negócio principal.

A equipe de gestão de logística pode ser reduzida ou redirecionada para sua competência principal, como definir as melhores rotas, acompanhar o trabalho dos motoristas, otimizar a distribuição de carga nos veículos e monitorar os prazos de entrega.

A redução do tempo e dos recursos gastos no gerenciamento da frota pode resultar em um aumento significativo da produtividade e da lucratividade das atividades principais do atacado distribuidor.

2. Eficiências de escala

Como este é seu negócio principal, os provedores de frotas podem atender muitas das necessidades de sua frota de maneira mais econômica do que empresas individuais.

Eles geralmente se qualificam para descontos maiores com concessionárias de veículos, fornecedores de peças e outros fornecedores, e estão bem equipados para contratar e treinar pessoal de alta qualidade.

Da aquisição de veículos à manutenção e ao descarte e / ou remarketing de veículos usados, as empresas de gerenciamento de frotas podem fazer isso de maneira econômica o suficiente para que usá-los geralmente seja mais barato do que manter uma frota interna.

3. Benefícios das melhores práticas

Novamente, por serem especialistas na área, as empresas de gerenciamento de frotas tendem a estar mais atentas às melhores práticas do setor. Eles podem trazer esse conhecimento para o benefício de sua empresa.

Como eles gerenciam muitas frotas de uma vez, eles são mais capazes de comparar o desempenho de sua frota com outras do setor. Isso permite que eles identifiquem e resolvam problemas e ineficiências potenciais mais cedo ou os evitem completamente.

Eles também podem aconselhar suas empresas clientes quanto às políticas e procedimentos mais eficazes em termos de custos e geração de valor, permitindo que você contorne a abordagem de tentativa e erro que empresas isoladas costumam adotar.

4. Redução dos riscos

Ao terceirizar para uma empresa de gerenciamento de frotas, você elimina a responsabilidade por requisitos de conformidade e regulamentação da frota.

Eles (e a papelada associada) passam a ser responsabilidade da empresa de gerenciamento de frotas, não do seu pessoal. Para muitas empresas, isso por si só é motivo suficiente para considerar seriamente a terceirização.

Ouça o MáximaCast abaixo saiba como ser um gestor de frotas de sucesso

5. Previsibilidade de custos

Além de reduzir os custos gerais, a terceirização da frota também permite que o atacado distribuidor saiba, com antecedência, os custos que terá com frota. Ela tira a variabilidade inerente à gestão de uma frota interna.

Você saberá exatamente o que está pagando a cada mês em um pacote, permitindo-lhe prever com precisão o seu fluxo de caixa.

Além disso, os custos com impostos, como o IPVA, são retirados da sua empresa e passam a ser de responsabilidade do locador dos veículos.

6. Transformação em custos operacionais

Como você não possui os veículos, eles não aparecem no balanço patrimonial da sua empresa. Isso otimiza suas contas e reduz a responsabilidade fiscal.

Todos as atividades que envolvem a administração do veículo são de responsabilidade da empresa de locação, melhorando a eficiência da sua empresa e economizando tempo e preocupações.

Com a maioria dos veículos perdendo até 60% de seu valor em 3 anos, você não se preocupa com a depreciação.

No final do contrato, todo o aborrecimento que você normalmente tem com os veículos adquiridos no que diz respeito ao descarte é removido de você.

Nenhuma troca de peças para obter um veículo mais novo; nada de vender o veículo antes de conseguir outro. Apenas um novo pronto para usar se você resolver renovar seu contrato de terceirização.

7. Marketing nos veículos

Como último benefício extra, os provedores de frota costumam fornecer todos os benefícios de marketing de operar uma frota privada.

Para empresas preocupadas em perder a oportunidade de ter “outdoors móveis” em seus veículos, divulgando a marca, os provedores também podem adornar seus veículos e uniformes com logotipos para maximizar o branding junto aos seus clientes.

Conclusão

Não existem duas empresas exatamente iguais. A escolha certa entre uma frota terceirizada, parcialmente terceirizada ou privada deve diferir de empresa para empresa com base nas necessidades, preferências e cultura do negócio.

Considerando os benefícios descritos, é difícil racionalizar um distribuidor de pequeno ou médio porte que opta por manter a logística e a entrega internamente, quando poderia cortar custos e ter acesso constante ao suprimento perfeito para sua demanda terceirizando suas necessidades de frota.

Mesmo assim, se os benefícios de operar uma frota privada forem suficientes na mente de uma empresa para racionalizar seus custos, junto com a mão de obra necessária para operá-la e equipá-la de forma adequada, pode valer a pena para esse negócio.

A decisão de terceirizar ou fechar o capital com sua frota depende de uma variedade de fatores, que vão desde as necessidades de liquidez até o tamanho do negócio e objetivos de crescimento.

Contudo, pela nossa experiência, a terceirização alinhada ao uso da tecnologia para otimizar a gestão logística interna tem sido a saída de sucesso para a maior parte dos atacadistas distribuidores.

Gostou do nosso artigo? Aproveite e faça nosso checklist para avaliar o estado da logística no seu atacado distribuidor!