o melhor software para o planejamento e otimização de carga

Em vez de ler, que tal ouvir?

O objetivo principal do software para o planejamento e otimização de carga é otimizar os processos envolvidos na coordenação da entrega de mercadorias e auxiliar no planejamento e execução da logística.

Com o software, o atacado distribuidor é capaz de maximizar o retorno sobre os gastos com transporte e prever com precisão os volumes de envio e a demanda.

No entanto, para colher esses benefícios, não basta escolher qualquer opção por aí — é preciso avaliar fornecedores para garantir que sua empresa contará com o melhor software para o planejamento e otimização de carga.

Diferentes fornecedores oferecem diferentes recursos e benefícios. Então, quais os fatores que você deve considerar na hora de fazer sua escolha?

Para te ajudar, preparamos um guia de como escolher o melhor software para o planejamento e otimização de carga, com tudo que você precisa saber para garantir o melhor investimento. Vamos lá?

Quais são os recursos do software para o planejamento e otimização de carga?

O software para o planejamento e otimização de carga é tão bom quanto os recursos que ele oferece. Por isso, o primeiro ponto para escolher o seu é avaliar: o que o programa poderá fazer pela sua logística?

Para que você saiba o que esperar, listamos os principais e mais modernos recursos que o software pode (e deve!) ter para realmente trazer benefícios à organização.

Mas, antes de continuar, dá uma olhada no nosso vídeo com dicas rápidas de como otimizar a carga dentro do caminhão:

1. Comunicação com o ERP

O primeiro recurso, e o mais essencial deles, é a comunicação com seu software ERP. É no ERP que as coisas acontecem: este é o sistema que registra as vendas, pedidos e que informa à logística quem precisa receber o quê e onde.

Se o seu software para o planejamento e otimização de carga não “conversar” com o ERP, você precisará incluir todas as informações manualmente, e, convenhamos, essa não é a saída mais eficaz.

Por outro lado, um software que se integre ao sistema ERP que você já utiliza será capaz de “puxar” esses dados automaticamente. Além de poupar tempo, isso elimina possíveis erros ou esquecimentos passíveis de acontecer quando a entrada dos dados é manual.

2. Otimização de rota

Além de auxiliar na montagem e distribuição de cargas nos veículos, o software também deve ser capaz de otimizar as rotas, de acordo com cada pedido.

É possível, por exemplo, na roteirização avançada, permitir a montagem automática da carga. Isso significa que você poderá definir um parâmetro para que, quando esse valor for atingido, seja realizada a montagem automática do veículo para entrega na rota.

A otimização de rota também permite que você determine a rota mais eficiente para economizar combustível, usando dados de tráfego, velocidades de estrada, tabelas de rodízio, e limitações modais.

3. Consolidação de remessas

A otimização do planejamento de carga passa por consolidar remessas de forma que clientes com pedidos próximos possam ter suas mercadorias entregues pelo mesmo veículo, durante uma mesma viagem.

Isso permite cortar custos programando remessas e as organizando em conjuntos eficientes, que maximizam a consolidação de carga.

Alguns programas permitem que você defina rotas padrões, considerando o histórico de logística que possui. Por exemplo, uma empresa da zona norte de São Paulo pode ter uma rota definida que cubra os clientes localizados na cidade de Guarulhos.

Com a criação da rota Guarulhos, e a definição dos parâmetros que citamos anteriormente, o próprio programa enviará para montagem os pedidos daquela rota, quando os parâmetros definidos para ela forem atingidos.

Essa funcionalidade ainda pode considerar tipos de veículos específicos para determinadas entregas, de acordo com as exigências da rota ou dos produtos que serão entregues.

4. Filtragem e montagem de rotas

O software para o planejamento e otimização de rota ideal também deve permitir que você visualize todos os pedidos lançados no ERP em um mapa. Mas não só isso: ele deve oferecer filtros para facilitar a visualização.

Por exemplo, você pode filtrar todos os pedidos a partir das suas rotas pré-estabelecidas e visualizar no mapa onde estão cada um dos clientes dentro daquela(s) rota(s).

Além das rotas pré-estabelecidas, você pode filtrar por data (período inicial e final de pedidos), supervisor, vendedor, segmento, prioridade de entrega, restrição de transporte e outros. Você ainda poderá ver apenas pedidos que já estão conferidos ou com o mapa de separação emitidos.

Ao filtrar com os parâmetros da sua escolha, o mapa apontará todos os pedidos pendentes que cumpram aqueles requisitos.

O software deve permitir que você selecione os pedidos para roteirização manualmente ou os agrupe de forma automática, para otimização do espaço no caminhão.

É interessante contar, também, com uma opção que diferencie os pedidos no mapa por cores, identificando aqueles com maior prioridade ou com detalhes específicos que devem ser considerados para a montagem da rota e entrega.

5. Edição dos detalhes da carga

Depois de selecionar os pedidos manualmente ou agrupá-los de forma automática, um bom software fará a roteirização de acordo com a melhor rota. Um ótimo software deixará você editar os detalhes, caso ache necessário.

Ao clicar no carregamento, você consegue enxergar todas as informações daquela carga e editar o que for preciso. O sistema vai indicar como padrão o veículo e o motorista usual daquela rota, mas isso poderá ser alterado nessa seção.

Também é possível visualizar a porcentagem do espaço do caminhão que será utilizada por esses pedidos — caso esteja baixa, você pode acrescentar novos pedidos próximos, avaliando pelo mapa.

6. Cálculo do custo

Além da edição do carregamento, o software para o planejamento e otimização de carga deve ser capaz de calcular o custo daquela entrega.

Isso pode ser feito tanto lançando as quantidades e o valor da diária, mais os custos com adiantamento para o motorista, ou lançando diretamente o valor do frete, caso o atacado distribuidor utilize uma transportadora.

O cálculo será automático com a roteirização e com os valores padrões inseridos. Caso tenha alterações, você pode alterar os valores para que o programa faça um novo cálculo.

No final, será possível ver os custos totais ou os separados por entrega para identificar quais rotas estão excedendo o orçamento estipulado.

7. Acompanhamento em tempo real

É essencial contar com uma solução que forneça dados em tempo real e que esteja conectada aos smartphones dos seus motoristas para acompanhamento da entrega.

Isso permite reagir rápido a problemas, adequando as rotas em tempo real, caso algum imprevisto impeça a execução da rota inicial, e garantindo que a entrega ainda aconteça dentro do prazo.

Além disso, com uma solução que conecte o escritório aos motoristas, será possível otimizar a comunicação com quem está na linha de frente da sua operação.

8. Escalabilidade e segurança

Seu novo sistema deve ser capaz de ser ampliado com base nas suas necessidades, além de gerenciar uma carga de trabalho regular, e lidar com períodos de pico de demanda.

No mundo digital de hoje, mais e mais empresas estão se tornando dependentes da tecnologia para suas operações do dia a dia. Por isso, é preciso ter um sistema confiável, que não vai te deixar na mão.

Dessa forma, o atacado distribuidor poderá processar melhor grandes quantidades de dados, atender a todas as demandas dos clientes e personalizar soluções de logística.

Isso, no entanto, também significa que esses dados digitais precisam ser protegidos. Procure um software para o planejamento e otimização de carga que forneça recursos de segurança aprimorados — especialmente importante em tempos de LGPD.

Quais são os indicadores chave de desempenho (KPIs) do software para o planejamento e otimização de carga?

O software para o planejamento e otimização de carga escolhido deve permitir que você use os dados do estoque com proficiência, consiga visualizar tudo em um único painel e, ainda, tenha em mãos relatórios em formatos eficientes e modernos.

Mas quais são os indicadores que o programa deve ser capaz de medir? Abaixo, você encontra os principais KPIs para acompanhar na gestão da sua logística:

  • Custo do frete: qual o custo total por rota realizada;
  • Custo por pedido: permite saber o custo de cada pedido despachado dividindo os custos totais do frete pelo número de pedidos médio despachados;
  • Tempo de trânsito: permite calcular o número de horas ou dias entre a coleta no atacado distribuidor até a entrega;
  • Porcentagem da carga do caminhão utilizada: permite conhecer a carga do caminhão utilizada, analisando o volume da carga transportada em relação à capacidade real do veículo;
  • Rastreabilidade da remessa: permite acompanhar em tempo real onde cada veículo está;
  • Entregas no prazo: permite saber a porcentagem de entregas que foram realizadas no prazo, atrasadas ou devolvidas.

Conheça mais alguns indicadores de logística no nosso vídeo sobre o assunto:

Quais são os benefícios do software de gerenciamento de transporte?

O software para o planejamento e otimização de carga oferece os seguintes benefícios:

  • Eficiência da logística: ajuda a reduzir o tempo gasto no gerenciamento de frete e aumentar o tempo de trabalho nas tarefas estratégicas da logística;
  • Melhorias no fluxo de caixa: ajuda a reduzir os custos com frete e otimizar os gastos com combustível;
  • Redução de estoque: fornece uma excelente plataforma para um melhor planejamento de seu estoque, e também permite ter uma previsão precisa de inventário;
  • Aumento do atendimento ao cliente: o software permite obter informações valiosas e roteirizar as entregas da melhor forma, garantindo que não haja atrasos nas entregas;
  • Criação de rotas eficientes: fornece informações sobre o tempo de duração de uma rota, auxiliando na criação de uma programação de rota eficiente.
  • Aumento da produtividade: com um software que realiza tarefas antes feitas manualmente, seu pessoal pode produzir mais em menos tempo;
  • Minimize a papelada e os erros: à medida que todas as contas são automatizadas, é possível reduzir o tempo gasto com papelada, e encaminhar orçamentos para uma entrega, reduzindo, também, as possibilidades de erros durante o processo.

Baixe gratuitamente nosso e-Book sobre tendências para a Logística: Logística Lean, Logística 4.0 e a transformação digital!

Quais são as últimas tendências em software para o planejamento e otimização de carga

Agora que você sabe as funcionalidades, os indicadores e os benefícios que o software para o planejamento e otimização de carga, vamos mostrar alguns diferenciais que seu sistema pode ter e tendências de tecnologias para ficar de olho no futuro!

  • Internet das Coisas (IoT): a tecnologia está sendo utilizada para acompanhar as condições dos veículos e otimizar a manutenção da frota;
  • RFID: as tags RFID já são amplamente utilizadas para mapeamento dos produtos no estoque e fluxo de entrega;
  • Computação em nuvem: a grande maioria dos softwares hoje é implantada na nuvem para que o programa e seus dados sejam acessados de qualquer lugar e qualquer dispositivo;
  • Business Data Analytics: cada dia mais, os sistemas fornecem recursos analíticos para que você possa observar as tendências e melhorar as operações e procedimentos.

Conclusão: como escolher a melhor opção?

Escolher e adquirir o software para o planejamento e otimização de carga pode ser um processo tedioso, porém necessário para garantir os melhores benefícios e recursos. O sistema TMS deve atender aos seus planos de negócios imediatos para que a implementação seja bem-sucedida e alcance um ROI rápido.

Logística e transporte estão passando por mudanças rápidas em um ritmo sem precedentes. Ao tentar se manter atualizado ou até mesmo estar na vanguarda dessa mudança, é fundamental que você escolha a tecnologia certa que o colocará em posição de fazê-lo.

Lembre-se de que você não está apenas escolhendo um software para o planejamento e otimização de carga, mas um parceiro valioso a longo prazo. Não se apresse na decisão e escolha aquele que será capaz de satisfazer todas as suas necessidades.

Conheça o maxRoteirizador e veja como ele se encaixa em tudo que seu atacado distribuidor precisa!