black friday atacado distribuidor

Em vez de ler, que tal ouvir este artigo?

Embora a Black Friday tenha surgido como um grande evento para o varejo online, empresas de diversos outros segmentos estão aproveitando a data nos últimos anos. Ou seja, é perfeitamente possível fazer Black Friday no atacado distribuidor. Basta que exista uma boa estratégia por trás das ações executadas.

É cada vez maior a popularidade da Black Friday entre os consumidores, certo? Porém, isso não está limitado ao varejo. Mesmo em operações B2B é possível promover ótimas parcerias que beneficiam todas as partes envolvidas.

Mas como fazer Black Friday no atacado distribuidor? É exatamente sobre isso que vamos falar neste artigo. Confira!

Baixe nossa análise do mercado atacado distribuidor!

Panorama do atacado distribuidor: Ranking ABAD 2020

O potencial da Black Friday no Brasil

A Black Friday se tornou conhecida mundialmente pelas promoções na internet e conquistou um lugar como uma das maiores datas do varejo brasileiro. Com início no país em 2010, os resultados obtidos nesta data são maiores a cada ano que passa.

E os números não nos deixam mentir: em 2010, o faturamento total da Black Friday não passou de 3 milhões de reais. No ano seguinte, o faturamento chegou aos 100 milhões, com um ticket médio de R$ 450,00 por compra.

Dando um salto para 2018, a Black Friday atingiu cerca de 2,6 bilhões de reais. E o valor do ticket médio também subiu, chegando na casa dos R$ 608,00 por compra.

Mas precisamos compreender que ao longo destes 10 anos o mercado passou por várias transformações. Se no princípio essa era uma data do varejo, hoje temos indústria, prestadores de serviços, empresas do atacado distribuidor e vários outros segmentos explorando a Black Friday.

Segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 21% dos empresários brasileiros – do comércio e do ramo de serviços – tinham a intenção de aderir ao dia de promoções da Black Friday em 2019. Trata-se de um grande salto em relação a 2018, quando 16% dos empresários participaram do evento.

E os dados da Black Friday 2019 seguiram reforçando o otimismo em relação à data. Segundo dados da Ebit|Nielsen, o varejo online faturou R$ 3,2 bilhões na Black Friday 2019. O número é 23,6% maior ao registrado no mesmo período do evento em 2018, quando as vendas totalizaram R$ 2,6 bilhões.

Saindo das vendas online, podemos usar como base os dados da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) em parceria com a Cielo, que mostram que os shoppings brasileiros venderam 19,7% mais em 2019 do que em 2018.

Já o índice de lojas físicas, apurado pela FX Retail Analytics em parceria com a F360º, mostrou que as visitas às lojas em geral aumentaram 10,35% em todo o país de 2018 para 2019.

Ouça nosso audiobook com as principais ferramentas de gestão para o atacado distribuidor!

Benefícios da Black Friday no atacado distribuidor

No varejo é comum vermos cenas de lojas com filas quilométricas ou sites que saem do ar por conta de tantos acessos simultâneos durante a Black Friday. Certamente esse não é um cenário que podemos esperar no atacado distribuidor. Mas isso não significa que você não possa fechar ótimas vendas se souber aproveitar a data.

Confira os principais benefícios da Black Friday no atacado distribuidor:

Fidelização de clientes

Mostrar que você se preocupa com seus clientes e está engajado em manter uma futura parceria de negócios é a chave para aumentar a confiança da outra parte em sua empresa. E a Black Friday no atacado distribuidor é uma ótima maneira de reforçar isso.

A Black Friday leva a prateleiras vazias no varejo, certo? Mostrar como você está disposto a ajudar seus clientes na preparação para o evento e a enfrentar estoques vazios, é claro, apresentando ofertas valiosas, certamente pode gerar uma grande satisfação.

Agregar valor real e mostrar envolvimento pessoal enfatizará sua responsabilidade e terá um impacto na disposição futura de seus parceiros de negócios em continuar a colaboração com você. Ou seja, estamos falando sobre uma poderosa estratégia para otimizar a fidelização de clientes.

Busca por novos parceiros de negócios

Ofertas relacionadas ao reabastecimento de prateleiras vazias dos varejistas ou colaboração na execução de ações no ponto de venda são boas maneiras de atrair potenciais clientes neste período.

Ou seja, a Black Friday no atacado é uma oportunidade para diversificar e expandir o que você já tem ou encontrar novas maneiras de entregar seu produto aos consumidores – adicionando novos parceiros de negócios aos existentes.

Uma campanha bem planejada pode ser responsável por levar sua marca a inúmeros novos potenciais clientes que ainda não conheciam a proposta do seu negócio. Essa é uma oportunidade incrível para ampliar a presença da marca no mercado.

Entrada em mercados com novos produtos

A Black Friday pode ser o momento perfeito para lançar algo novo no mercado, especialmente considerando a alta rotatividade dos produtos e a aproximação do Natal. Afinal, os varejistas estão de olho em formas de maximizar seus resultados de vendas.

Expansão para novos locais

Você está procurando por novos importadores ou exportadores, novos agentes de entrega, novos pontos de venda ou fornecedores de um local diferente? Talvez haja um mercado específico em que você sempre quis entrar. Ou talvez haja uma certa fonte que você desejou explorar por muito tempo.

A Black Friday é o momento perfeito para pensar sobre isso. Com toda a abertura que existe no mercado nesta época do ano, você tem maiores chances maiores de que seu produto seja vendido para consumidores na Black Friday e no fim de ano.

Aumento das receitas

Como não poderia deixar de ser, um dos maiores benefícios da Black Friday no atacado distribuidor é a possibilidade de aumentar suas receitas. Seja com ofertas atrativas, entrada em novos mercados, início de novas parceiras ou outras ações comerciais, você tem a oportunidade de alavancar os resultados conquistados.

É importante frisar que você não precisa necessariamente explorar descontos nos preços praticados. A chave está em gerar mais valor ao cliente: quanto mais valor você gera, maiores podem ser suas receitas. No entanto, se você decidir que uma estratégia baseada em promoções e ofertas é a melhor escola, você pode se beneficiar dela da mesma forma que as empresas B2C fazem na Black Friday.

-> Confira 7 estratégias de vendas para organizar seu time comercial externo e melhorar os resultados no seu atacado distribuidor:

Superação de seus concorrentes

A sua empresa pode aproveitar a Black Friday no atacado como uma oportunidade para obter produtos que seus concorrentes não têm ou iniciar uma parceria com canais de distribuição que seus concorrentes não conhecem ou não estão considerando explorar.

Ou seja, você pode explorar diversos diferenciais para se destacar no mercado: produtos, condições, mercados ou negócios melhores. Cada um deles pode ajudá-lo a superar facilmente seus concorrentes.

Ajuste seus estoques

Você pode aproveitar a Black Friday no atacado como uma forma de ajustar seus estoques – procurando vender produtos que estão parados e promover uma renovação das mercadorias para dar continuidade às atividades. Basta que você saiba como abordar corretamente os clientes e elaborar ofertas atrativas.

-> Confira a planilha Curva ABC: como usar para gerir o atacado distribuidor

Curva ABC: como usar para gerir o atacado distribuidor

Adicione valor, não descontos

Os descontos da Black Friday são uma prática comum para empresas B2C. No entanto, isso pode não ser uma ideia tão efetiva para o B2B – dependendo do caso e do tipo de negócio em que você está.

Qualquer que seja a situação, é importante focar nas maneiras de fazer uma proposta de valor em vez de cortar preços. A Black Friday é uma oportunidade de mostrar seu cuidado especial, pensamento inovador e profissionalismo – em vez de seguir a multidão focando apenas na redução de seus preços.

4 fatores que merecem atenção ao explorar a Black Friday no atacado distribuidor

Você ficou interessado nos benefícios da Black Friday no atacado distribuidor? Para aproveitá-los, é importante considerar alguns pontos importantes na decisão de fazer uma ação de Black Friday. Trata-se de algo que vai além de pensar em “promoção”, alcançando várias outras áreas da empresa – como comunicação, logística, vendas, canais de vendas, etc.

Para ajudá-lo neste processo, vamos entender melhor quais são os fatores que merecem a sua atenção neste momento:

1. Canais de venda

Estamos vivendo a era do omnichannel, com uma necessidade crescente de integrar vários canais de vendas para atender o cliente com qualidade. Portanto, é importante que as empresas que buscam explorar a Black Friday no atacado reconheçam a importância de uma estratégia que permeie os diferentes canais de vendas nos quais atua – incluindo o e-commerce.

2. Logística

Suas áreas de envio e recebimento, armazenamento e embalagem são tão eficientes quanto possível? Converse com seus funcionários da linha de frente para obter suas percepções sobre o que poderia acelerar os processos. Afinal, uma ação agressiva na Black Friday pode gerar uma sobrecarga para o setor de logística.

Imagine que você consiga alcançar resultados fantásticos de vendas. Será que os pedidos serão processados dentro do tempo esperado pelos clientes? Caso isso não seja possível, os resultados podem ser comprometidos e os clientes sairão insatisfeitos com a sua empresa.

3. Necessidades de pessoal

Se você precisa aumentar a força de trabalho ou contratar funcionários temporários, é importante começar a pensar nisso antes da Black Friday. Lembre-se de que você precisa de tempo para treinar novos funcionários e colocá-los em prática em seus sistemas. Também é uma boa ideia treinar sua equipe para que os funcionários possam ajudar em dias especialmente ocupados ou lidar com as funções uns dos outros quando necessário.

Por fim, também será importante motivar sua equipe para o trabalho árduo à frente, oferecendo pausas frequentes, muitos elogios e recompensas como tempo de compensação, vales presentes ou bônus para ajudá-los a controlar o estresse.

4. Observe seu estoque e suas margens

Conheça seus custos e margens de lucro e fique atento a ambos. Categorizar produtos em classificações detalhadas é possível com o software de gerenciamento de estoque e pode ajudá-lo a se aprofundar em detalhes para ver quais produtos têm as melhores margens.

Essas informações são essenciais para que você possa focar as ações da Black Friday nos produtos certos – obtendo uma margem de lucro positiva e garantindo um uso inteligente das mercadorias que estão armazenadas no estoque.

A importância de uma boa estratégia

E, então, você está animado para fazer Black Friday no atacado distribuidor?

Vimos neste artigo como essa é uma data que pode gerar ótimos resultados para as empresas de todos os segmentos – incluindo o atacado distribuidor. Com um bom planejamento, é possível gerar mais oportunidades de vendas, fidelizar clientes, otimizar o uso do estoque, superar concorrentes e colocar em prática novas estratégias de negócio.

Entretanto, isso tudo requer uma boa estratégia por trás das ações. O mais eficiente é incluir ações de Black Friday no planejamento anual do atacado, para que possam ser planejadas e executadas com o cuidado devido.

Dessa forma, você consegue prever com antecedência todos os fatores importantes para o sucesso da Black Friday: ações de marketing, abastecimento do estoque, necessidade de pessoal, processos de logística, controles financeiros, entre outros.

A sua empresa já explora a Black Friday no atacado distribuidor? Ficou com alguma dúvida sobre essa estratégia? Deixe o seu comentário.

Bruno Araújo