campanha de vendas

campanha de vendas

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

Sabe aqueles produtos que estão parados há muito tempo no estoque e estão próximos da data de vencimento? É fundamental encontrar um destino para eles para evitar perdas financeiras. E criar uma campanha de vendas é uma ótima forma de promover a sua venda.

Por melhores que sejam os planejamentos e previsões traçadas, é impossível antecipar com precisão o comportamento do mercado. Afinal, as empresas estão sujeitas a condições externas e às mudanças de comportamento dos seus consumidores.

Um ótimo exemplo disso pode ser notado com a pandemia do COVID-19. Com os impactos financeiros trazidos pelo coronavírus, muitas empresas ficaram com mercadorias paradas no estoque – mesmo que não tenham cometido nenhuma falha no seu planejamento.

Seja em situações extremas como essa, por vacilos no controle de estoque ou simplesmente porque as vendas não saíram como o desejado, criar uma campanha de vendas é sempre uma saída a ser considerada. Dessa forma, é possível minimizar os prejuízos e incentivar bons resultados de vendas.

Essa é uma medida importante não apenas para alcançar as metas comerciais, mas para beneficiar toda a organização – gerando mais fluxo de caixa e abrindo espaço no estoque. Confira, a seguir, como você pode criar uma campanha de vendas para não ficar com produtos vencidos no estoque.

Baixe o e-book e descubra como treinar sua equipe para performar em tempos difíceis!

O Guia de Ouro para Treinar sua equipe de vendas em tempos difíceis

Leia mais

distribuição de produtos

distribuição de produtos

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

Toda empresa quer melhorar sua margem de lucro, e otimização na distribuição de produtos pode ser um caminho. De uma forma geral, existem duas maneiras de fazer isso: você pode aumentar sua receita ou reduzir as despesas.

Para a logística de distribuição, embora a eficiência e a velocidade estejam no topo da lista de prioridades, minimizar custos de entrega é a espinha dorsal para manter o negócio vivo. Altos custos significam transporte menos eficiente, o que inevitavelmente leva a menos negócios.

Manter os custos baixos, por sua vez, cria uma vantagem competitiva — quanto mais o atacado distribuidor economiza, mais pode fazer para atender melhor seus clientes.

Quando falamos de logística, uma das coisas que impulsionam essa busca por baixos custos é o conceito de otimizar a distribuição de produtos para o transporte.

No entanto, otimizar o espaço no caminhão fazendo a distribuição de forma a reduzir custos, ao mesmo tempo que diminui o tempo de entrega, é um desafio para os profissionais de logística.

Para te ajudar, vamos refletir sobre o assunto ao longo deste artigo. Você vai ver, a seguir, uma série de dicas para vencer esse desafio. Acompanhe!

→ Baixe nosso eBook gratuito e saiba o que é logística lean, logística 4.0 e a transformação digital

Leia mais

tipos de vendas para home center

tipos de vendas para home center

 

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

O crescimento do e-commerce nos últimos anos trouxe preocupação quanto aos rendimentos das lojas de tijolo e argamassa. No entanto, no mercado de construção, as lojas físicas continuam a ter um espaço na preferência do consumidor. O advento das lojas tipo home center, que incorporam tudo que o consumidor precisa para obras e reformas, tem transformado a experiência de compra do cliente.

Segundo dados do Painel Comportamental do Consumo de Materiais de Construção, os home centers são o segundo tipo de canal mais utilizado para compras dos materiais de construção pelo consumidor final.

A expectativa é de que esses grandes centros cheguem no primeiro lugar nos próximos anos. Mas, para isso, é preciso pensar nos tipos de vendas para home center.

Abaixo, vamos falar um pouco mais dos tipos de vendas para home center e quais são as tendências para os próximos anos no setor!

Baixe o e-book e veja como treinar sua equipe de vendas!

O Guia de Ouro para Treinar sua equipe de vendas em tempos difíceis

Leia mais

merchandigins no ponto de vendas

merchandigins no ponto de vendas

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

Falar em merchandising no ponto de venda é assumir que o ponto de venda (PDV) é o verdadeiro palco principal do varejo.

É nesse espaço que ocorre a decisão da compra, e é nele, também, que o consumidor vivencia a experiência da marca, interage com os promotores de vendas e tem acesso aos produtos e serviços.

Pensando nisso, o PDV deve ser montado para chamar a atenção imediata, criando uma melhor visibilidade para marcas ou serviços, com um único propósito: influenciar as decisões de compra dos consumidores.

Mas esse consumidor está com a vida cada vez mais corrida e exige conveniência e novas experiências a cada visita. Isso acontece porque, atualmente, vivemos a chamada “economia da atenção”, descrita pelo economista Herbert Simon. Ele afirma que a riqueza de informação cria pobreza de atenção. E você já deve ter sentido esse impacto em sua vida, não é mesmo?

Com tanta informação disponível, é comum que as pessoas não prestem a atenção devida, ainda mais quando estão fazendo compras, e é sobre isso que vamos refletir neste artigo.

Continue lendo para entender a importância do merchandising e como usá-lo estrategicamente para vender mais no ponto de venda!
Leia mais

Geolocalização

Geolocalização

 

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

A integração de dados de vendas com geolocalização e mapeamento é uma adição relativamente nova para o mundo do atacado distribuidor. No entanto, a tecnologia está rapidamente se tornando uma prática recomendada, especialmente para acompanhar o desempenho da sua venda externa.

A geolocalização funciona identificando o local em que um indivíduo está em um mapa, por meio da tecnologia GPS presente nos smartphones dos seus vendedores. Além de permitir acompanhar o deslocamento do seu time de vendas, a tecnologia possibilita que sejam construídas rotas otimizadas até os clientes, reduzindo os custos com combustível.

Conheça mais sobre como a geolocalização ajuda no trabalho do gestor comercial e como adotar essa tecnologia para controlar as vendas do seu atacado distribuidor!

Leia mais

KPIs distribuição logística


Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

Entenda por que os KPIs na distribuição logística de suprimentos são fundamentais, como defini-los e implementá-los.

Os KPIs na distribuição logística de suprimentos são muito importantes. É por eles que os gestores podem rastrear, visualizar e otimizar todos os processos logísticos relevantes de maneira eficiente.

Sempre foi assim, mas nos últimos anos, os KPIs ganharam uma importância muito maior. Isso porque assim como muitos outros segmentos, o mercado de distribuição logística de suprimentos atualmente está orientado a dados. Essa é uma tendência muito ligada à tecnologia, cada dia mais disponível e fácil de implementar.

Não há mais desculpas para que uma gestão orientada por dados não seja colocada em prática. O acesso a ferramentas e métodos está cada vez mais amplo. Talvez, o que muitas empresas do ramo da distribuição ainda precisem é de uma mudança de mentalidade.

Sobre isso vamos ajudá-lo a refletir com essa leitura.

Continue correndo seus olhos para entender em profundidade o que são KPIs na distribuição logística e como usá-los em sua empresa!

Leia mais

canais de vendas

canais de venda

 

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

Talvez seus funcionários mais novos não se lembrem, mas o fax era um dos principais canais de venda para o atacado distribuidor, usado para registrar e confirmar os pedidos. Não faz tanto tempo assim que as empresas no mercado B2B não podiam imaginar fechar um pedido de venda sem que um fax fosse enviado.

Leia mais

e-commerce B2C

e-commerce B2C

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

O e-commerce B2C é, sem dúvidas, uma ótima maneira de maximizar os resultados de vendas. O mundo se encaminha para um contexto em que a tecnologia é cada vez mais presente na vida dos consumidores – e isso afeta diretamente seus hábitos de compras.

Porém, começar a vender no e-commerce B2C oferece alguns desafios para os empresários. Apesar de todos os resultados positivos que podem ser conquistados, é preciso saber como estruturar as operações – expandindo as vendas presenciais para as vendas online.

Mesmo um varejista com anos de experiência e que conquistou sucesso no mercado pode ter algumas complicações no início. Trata-se de uma lógica de operações bastante diferente – com a necessidade de um site responsivo, controle de estoques diferenciado, suporte online, marketing digital e adaptação do sistema de logística.

Para ajudá-lo neste momento de transição, preparamos algumas dicas para adaptação da sua logística para vender no e-commerce B2C. Acompanhe.

Assista ao MáximaCast #29 e saiba como realizar uma gestão de estoque logístico durante a pandemia.

Leia mais

E-commerce B2B

E-commerce B2B

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

Se você é um atacadista distribuidor e deseja expandir seus negócios, é provável que o e-commerce B2B já faça parte do seu modelo de negócios atual – ou logo fará.

Isso mesmo: as transações online entre empresas prometem ser o futuro do atacado, no Brasil e no mundo, e é importante que os empresários do ramo estejam atentos a este movimento e tenham uma estratégia clara para melhor aproveitá-lo!

Essa é uma tendência que vinha crescendo nos últimos anos e deve se tornar ainda mais evidente por conta da pandemia do novo coronavírus. A necessidade do isolamento social promoveu uma procura ainda maior pela tecnologia e pelas compras virtuais – e certamente esse comportamento do consumidor também afeta o mercado B2B.

Sobre isso, vamos ajudá-lo a refletir ao longo deste artigo. Continue lendo para entender por que investir no e-commerce B2B!

Baixe o e-book e prepare-se para vender online:

Leia mais

Reposição de Produtos


Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?

A reposição de produtos é um dos processos mais importantes para manter os clientes do atacado distribuidor satisfeitos. Afinal, nada causa uma frustração tão grande entre os consumidores do que deixar as prateleiras do seu ponto de venda com espaços vazios.

No mundo ideal, as mercadorias precisam estar disponíveis no lugar e na hora certa. Dessa forma, os varejistas podem garantir que suas vendas ocorram com sucesso – e o primeiro passo para isso é realizar a reposição de produtos no ponto de venda.

Porém, o processo de reposição de produtos requer um bom planejamento e trabalho constante. Em tempos de crise, isso se torna um desafio ainda maior.

Com o cenário causado pelo COVID-19, as empresas do atacado distribuidor estão precisando rever seus processos internos e compreender a nova realidade de seus clientes. Para ajudá-lo a encarar momentos de crise como este, vamos abordar algumas dicas pontuais neste artigo.

Confira o passo a passo com tudo aquilo que você precisa saber para desenvolver um Planejamento de Trade Marketing de sucesso, baixe o e-book gratuitamente.

reposição de produtos

Leia mais