Imagem de mulher com um tablet na mão analisando uma prateleira cheia de caixas

Estar atento ao giro de estoque da empresa é fundamental para o seu crescimento, vez que ele é o responsável por mostrar aos gestores o desempenho do estoque e ao mesmo tempo traçar um parâmetro junto às vendas e o investimento médio realizado.

Inclusive, existe um equilíbrio delicado entre ter muito ou pouco estoque disponível. Estoque demais pode levar a altos custos de aquisição e armazenamento, ao passo que pouco estoque pode significar perda de vendas e atrasos no cumprimento dos prazos de entrega dos pedidos.

De forma geral, a gestão de estoque tem o foco em encontrar esse equilíbrio e garantir que seu atacado tenha disponíveis os produtos certos no momento certo.

Leia mais

Foto de mulher no supermercado com uma cesta cheia de produtos e um celular na mão

Em vez de ler, que tal ouvir?

 

A estratégia de Shopper Trade Marketing vem ganhando notoriedade no âmbito da gestão do ponto de vendas. A partir dessa abordagem, ações promocionais no PDV são pensadas para atender a quem, de fato, realiza as compras, o chamado shopper, agente que nem sempre é o consumidor final.

Ficou confuso com essa definição? Para deixar tudo mais claro, vale realizar uma diferenciação entre “comprador” e “consumidor” nas realizações de consumo. Quem visita a loja pode estar em busca de produtos para revender para terceiros ou simplesmente intermediando uma compra. Esse agente tem um perfil e necessidades distintas de quem é, de fato, o consumidor final. Deve haver, portanto, uma abordagem comercial própria para lidar com ele.

Ficou interessado em saber mais? Confira, neste conteúdo, uma abordagem completa sobre o tema.

Leia mais

foto de uma mulher e um homens sentados em uma mesa de reunião analisando alguns gráficos

 

Em vez de ler que tal ouvir este artigo?

 

Você já utiliza o markup para calcular o preço de venda ideal no atacado distribuidor? Esse é um índice poderoso para facilitar o cálculo do valor necessário para superar todos os custos e alcançar a margem de lucro definida.

Saber como precificar o produto é essencial para qualquer organização. Afinal, é justamente a receita proveniente das vendas que fica responsável pelo financiamento das operações da empresa. Além disso, o valor cobrado também afeta diretamente a percepção dos consumidores — impactando nos resultados de vendas conquistados.

Para as empresas do atacado distribuidor, chegar ao preço de venda ideal é ainda mais importante, pois esse valor afeta toda a cadeia de distribuição. Ou seja, ele será usado como base pelos varejistas para chegar ao preço de venda que chega ao consumidor final.

O markup é utilizado para tornar mais intuitivo o processo de definir o preço de venda ideal, considerando todos os elementos que afetam a precificação. Com esse índice, você conseguirá ter mais controle sobre o valor cobrado por cada um dos produtos da sua empresa.

Neste artigo, vamos te ajudar a compreender melhor o que é o markup e como utilizá-lo para calcular o preço de venda ideal. Mais especificamente, você vai ver:

Leia mais

Foto de um homem com EPIs dentro de um galpão segurando um tablet.

Em vez de ler, que tal ouvir?

O controle deficiente do custo logístico pode resultar em fortes impactos para a empresa. Segundo dados levantados pelo estudo “Custos Logísticos no Brasil” publicado pelo ILOS, os custos logísticos representam 12,2% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Já dentro das empresas, esses gastos consomem 7,6% da receita líquida – e, sem um bom controle, esses custos podem ser ainda maiores.

É por isso que otimizar a eficiência operacional e reduzir esses gastos é tão importante. Na verdade, eles devem estar entre as prioridades de qualquer empresa que faça muitos envios e deseja permanecer financeiramente viável.

Devido às altas demandas dos clientes e a um clima de negócios global flutuante, as empresas precisam confiar em práticas inteligentes de gerenciamento do custo logístico. A implementação dessas práticas ajudará a manter os serviços no nível desejado e os gastos baixos, independentemente das circunstâncias.

Leia mais

Foto de uma mulher mexendo no celular dentro de um galpão


Em vez de ler que tal ouvir este artigo?

 

Os processos manuais geralmente são bastante trabalhosos, ineficientes e podem prejudicar o gestor, a equipe e a empresa como um todo. Isso todo mundo sabe, certo? Nem sempre.

Estudos globais mostram que muitas empresas ainda mantêm fluxos de trabalho manuais em diversos departamentos. E as razões para isso são variadas, como discutiremos mais adiante.

Acontece que, na “era da informação”, o espaço para processos manuais está cada vez mais curto. Na verdade, o que se espera das organizações modernas é que elas abracem a automatização para se tornarem mais competitivas, produtivas, sustentáveis e socialmente relevantes.

Esta é a reflexão. Continue lendo para entender!

Leia mais

Imagem de um homem com máscara mexendo no celular atrás de um carro com encomendas

Em vez de ler, que tal ouvir?

Atender às demandas do processo de ponta a ponta no mundo da distribuição pode ser um desafio – e é por isso que o controle de entregas é tão importante.

Gerenciar as expectativas do cliente e as janelas do prazo de entrega, agendamento no mesmo dia ou no dia seguinte, tipos e capacidades de veículos, conformidade do motorista, e tudo isso da maneira mais econômica possível, é uma tarefa difícil e que não pode mais ser feita manualmente.

As empresas precisam equilibrar os requisitos do cliente com o custo dos recursos e otimizar a utilização do veículo para criar as rotas mais eficientes e econômicas possíveis – e o caminho passa pelo controle de entrega.

Leia mais

Dois colegas de trabalho conversando

Em vez de ler, que tal ouvir?

 

Você já pratica a empatia de liderança na sua empresa? Esse é um poderoso atributo para manter uma cultura positiva no atacado distribuidor – e pode fazer toda a diferença no seu sucesso como líder.

A empatia é uma habilidade valiosa no local de trabalho, especialmente se você estiver em uma função de liderança. Gerentes e líderes que expressam empatia e compaixão ajudam a criar um ambiente de trabalho positivo, onde todos podem se sentir valorizados, motivados e se tornarem mais produtivos.

Quer entender melhor a importância da empatia de liderança para o atacado distribuidor? Confira logo a seguir!

Leia mais

faixa de gôndola
faixa de gôndola   Em vez de ler, que tal ouvir? Você já utiliza a faixa de gôndola como estratégia de trade marketing? Quando falamos sobre chamar a atenção do consumidor no ponto de venda, todos os artifícios devem ser utilizados, certo? Afinal, o cliente precisa ser conquistado em qualquer oportunidade de contato com a sua marca. Muitas técnicas de trade marketing têm como objetivo fundamental o crescimento da visibilidade do produto. Quando o consumidor olha a prateleira, você deseja que sua mercadoria seja vista facilmente, se destacando entre os concorrentes. De fato, a faixa de gôndola pode ajudar a alcançar este objetivo! Neste artigo, vamos compreender a importância da faixa de gôndola para o trade marketing. Confira. Leia mais