indicadores de produtividade

Os indicadores de produtividade são muito importantes para mensurar resultados na área logística.
É a partir deles que os gestores conseguem acompanhar o desempenho de suas equipes e, também, de prestadores de serviço contratados.

Neste artigo, trazemos algumas orientações para realizar um gerenciamento logístico eficiente e um controle rígido de monitoramento da carga para garantir alta performance produtiva no atacado distribuidor. Acompanhe.

Confira também as nossas dicas em vídeo:

O que são indicadores de produtividade logística?

Como o próprio termo sugere, indicadores de produtividade logística são métricas utilizadas para avaliar a performance produtiva da área. Eles são frequentemente utilizados para trabalhar a melhoria contínua, justificar investimentos, dar mais transparência ao negócio e demonstrar resultados.

O uso de indicadores de desempenho em produtividade garante que o departamento logístico de uma empresa atacadista, ou um distribuidor, esteja sempre avaliando sua atividade em relação a uma referência estática (quantitativa e qualitativa).

Isso significa que as flutuações são imediatamente visíveis, e se o desempenho se move na direção errada, ações podem ser tomadas rapidamente para resolver a situação.

Dessa forma, quando os indicadores de produtividade mostram que o desempenho está sendo consistentemente cumprindo ou excedendo o nível requerido, o gestor pode decidir aumentar investimentos e expandir as negociações (ganhar mais mercado), por exemplo. O contrário, quando os resultados estão aquém do planejado, é preciso planos de ação para efetuar reparações (inserção de novos métodos, utilização de mais tecnologia, mudanças na equipe etc.).

Por que trabalhar com roteirização de entregas pode melhorar os indicadores de produtividade logística?

Empresas que atuam no mercado atacadista distribuidor enfrentam muitos desafios em termos de produtividade. Isso porque lidam com um número grande de clientes, demandam mão de obra especializada e, também, precisam driblar fatores, como a precariedade da infraestrutura das estradas brasileiras, por exemplo.

É aí que a prática da roteirização de entregas pode fazer toda a diferença! Ao planejar as entregas, levando em consideração critérios referentes ao território a ser percorrido, tipos de veículos necessários, janelas de entrega permitida/esperadas pelos consumidores, entre outros fatores, fica muito mais fácil estabelecer rotas com otimização de tempo de deslocamento, entregar mais rapidamente, enfim, produzir mais e melhor.

Aqui estão algumas das vantagens de trabalhar a roteirização de entregas para elevar os indicadores de produtividade da empresa:

– Maximização das taxas de ocupação dos veículos (transportar mais produtos em uma mesma rota);
– Otimização da frota (usar menos veículos para um mesmo roteiro);
– Realização do melhor percurso (reduzir custos e tempos de entrega);
– Otimização da mão de obra contratada (evitar horas extras e necessidade da contratação emergencial de terceiros).

Em suma, a roteirização ajuda na realização de uma sequência eficiente/inteligente das entregas e coletas, dentro de percursos controlados e avaliados previamente como os melhores (em termo de tempo e de custos).

Qual a melhor forma de roteirizar as entregas?

Já entendemos que a roteirização inteligente de entregas pode elevar a produtividade logística. A pergunta que vem em seguida é: como roteirizar? A melhor indicação é a utilização da tecnologia!

Com um software roteirizador, é possível traçar a melhor a rota para que as entregas sejam realizadas no menor tempo e quilometragem possíveis. Um bom sistema também ajuda a planejar janelas e condições de entregas, levando em consideração o local e as restrições dos clientes, o tipo de veículo utilizado e o de mercadorias a serem entregues.

De maneira automatizada, o sistema faz, em segundos, o que gestores de equipes de logísticas demorariam horas. As margens de erros e as necessidades de retrabalho caem significativamente, o que ajuda na produtividade.

Por fim, uma grande vantagem de utilizar a tecnologia neste processo é a facilidade de acompanhar os indicadores de produtividade conforme parametrizados no sistema. Dessa forma, fica bem simples e rápido gerar e analisar relatórios e tomar decisões mais equilibradas e acertadas.

Como estão os indicadores de produtividade logística na sua empresa? Você já faz roteirização de entregas? Deixe seu comentário e até a próxima.